Como plantar relva e manter um relvado vistoso

As áreas fundamentais para o crescimento de um novo relvado são muitas, no entanto as dificuldades típicas que surgem tem a ver com o solo, adubos, água, localização, semente, tempo/clima e manutenção.

Cada um destes tópicos pode causar maus resultados quando tenta plantar relva. A situação pode ser bastante simples de identificar mas difícil ou mesmo impossível de corrigir.

Por vezes uma combinação de influências negativas podem produzir um relvado inferior mas a solução é relativamente fácil, após ter entendido o problema.

Qual o tipo de solo e como o preparar antes de plantar relva

O sucesso da plantação de um novo relvado é diretamente proporcional tanto à qualidade do solo como à preparação do solo antes de plantar a semente da relva.

O melhor solo é solto, com matéria orgânica abundante e uma textura que mantenha bem a humidade mas que drene com facilidade.

Pode preparar o solo de forma a favorecer o crescimento da relva.

Este é provavelmente o passo mais importante para a plantação e manutenção do bom crescimento da relva, a longo prazo.

Uma das principais razões para a preparação do solo é para que a relva tenha um começo fácil. Todos os solos tem a tendência a se tornarem compactos ao longo do tempo. Não é fácil as raízes da relva penetrarem solo duro. Quando o solo está compacto para além da barreira física a humidade e oxigênio também não são suficientes. A melhor solução para solo compacto, em relvado já existente é a aeração.

Na fase de pré-plantio deve soltar o solo. Pode humedecer o solo para torná-lo macio. Deve, sempre, trabalhar no sentido de melhorar a saúde do solo. Os adubos orgânicos podem ser utilizados para construir a fertilidade do solo para além de fornecer excelentes nutrientes para ajudar a relva a crescer. Esteja ciente de que estes adubos naturais podem levar mais tempo a mostrar resultados quando a temperatura do solo é mais fria.

Adubo

O adubo não é, sempre necessário na primeira fase da plantação da relva. Tenha em conta que o adubo errado pode fazer mais mal do que bem.

Evite adubo nitrogenado, a comida típica da relva. Pode parecer a melhor coisa para fazer a relva crescer no entanto irá estimular as ervas daninhas que irão competir com a sua relva. Depois de três meses, se a relva tiver crescido bem mas precisar de um impulso, utilize um adubo de relva, regular.

ÁGUA

O solo saudável é o ingrediente mais importante para o crescimento da relva mas a água é o problema mais comum. Centenas de pessoas fazem a pergunta: “Por que tendo problemas para conseguir que a relva cresça?”

Em 70% dos casos o problema é a água. Para ter um bom relvado deve perceber a importância da rega adequada, durante as fases críticas de um relvado novo. Água insuficiente durante a germinação pode deixar morrer a semente antes que germine. O excesso de rega também pode matar a semente.

Outros problemas da água são as práticas de rega incorretas.
Depois do relvado ter germinado a frequência de rega deve ser reduzida para uma vez por dia. A quantidade de tempo da rega deve ser aumentada para incentivar a humidade do solo e o aprofundamento das raízes. Os intervalos entre as regas devem ser alargados à medida que a relva amadurece, se o tempo o permitir. O aprofundamento das raízes da relva pode ser conseguido se a relva for treinada a passar vários dias, sem água, entre os ciclos de irrigação.

Use o bom senso para fazer estes ajustes e faço-os por etapas. Não faça alterações significativas durante a estação mais quente quando a relva não está profundamente enraizada. O outono é uma época excelente para iniciar o desmame de rega diária. Se o tempo permitir, regue a cada dois dias em vez de diariamente, para forçar a água a aprofundar. Se as condições meteorológicas cooperarem alongue o tempo de rega após 4 a 6 semanas, e regue apenas a cada três dias. Mais uma vez, prolongue o tempo de rega, para a água aprofundar.

Se tiver um problema com o escoamento da água, faça o seguinte: regue apenas metade da quantidade de água, espere uma hora (faça algumas outras zonas), depois regue novamente a segunda metade da quantidade de água. Isto irá promover a profundidade da água e é mais proveitoso do que a rega de quantidades menores a cada dia.

como plantar relva2

LOCALIZAÇÃO DO RELVADO

Raramente, é projetada a localização do relvado, normalmente, passa a ser no único lugar que pode ser. Infelizmente, algumas áreas não são favoráveis ao sucesso de um bom relvado.

Sombra e árvores

Estruturas adjacentes e árvores podem bloquear e impedir a luz solar necessária para o bom crescimento da relva. Se estiver na fase de planeamento, selecione uma variedade de relva que cresça melhor em local sombrio. A relva, por sua natureza, precisa de sol e um local com sombra nunca é ideal.

Se a relva não obtiver pelo menos 6 horas de sol por dia, não vai prosperar. Isso, provavelmente, resultará na necessidade de replantar algumas áreas a cada dois anos.

As árvores competem com o relvado para obter a luz solar, água e nutrientes.
É difícil a relva (e muitas outras plantas da paisagem) competirem com as raízes das árvores. A germinação da relva poderá não ser muito complicada mas o seu crescimento poderá não prosperar a longo prazo. Se tiver uma árvore perto da área da relva pode desenvolver um meio de fornecer água à árvore fora dos momentos de irrigação da relva. Incentive as raízes da árvore a crescer em profundidade à procura da água, em vez de se espalharem pelo relvado.

Semente

A sua taxa de sucesso com o crescimento de relva também depende da qualidade e variedade apropriada da semente.
Considere estes fatores:

• Escolha a variedade da semente mais adequada para a sua área, as condições da sua localização e as funções do relvado.

• Verifique a data do produto para ver a sua frescura.

• Verifique a taxa de germinação da sua seleção de relva e aplique uma quantidade suficiente para a espessura da cobertura.

• Plante a semente quando as temperaturas do solo estiverem corretas para essa variedade, em particular.

• As sementes de relva precisam de estar em contato direto com o solo para germinar, precisam de terra solta para as raízes poderem penetrar.

• Mantenha a semente e o solo húmido durante o tempo de germinação, mas não encharcado. Proteja as sementes de possíveis predadores como os pássaros.

como plantar relva3
Manutenção do relvado

Conseguir que a relva cresça é mais do que apenas a preparação, a plantação e a rega de forma correta. Os primeiros dois ou três meses após a germinação (a fase adolescente) requerem um tratamento especial.

1. A espera até ao primeiro corte. A relva deve ter 3,5 polegadas de altura quando fizer o primeiro corte.

2. Aumente a altura da máquina de cortar relva para cortar não mais do que uma polegada, no primeiro corte.

3. Os cortes seguintes não devem cortar mais do que um terço da altura da relva. Se a relva tiver 3 polegadas de altura deve cortar apenas uma polegada

4. Não deve violar a regra nº 3. A relva precisa da área de superfície da lâmina para a fotossíntese. Isso produz alimento para a relva crescer.

5. Mantenha a relva cortada na faixa mais elevada sugerida para a variedade. A relva mais alta irá criar raízes mais profundas, mantenha o solo húmido e tire as ervas daninhas. Se a relva for sempre cortada muito curta o crescimento da raiz estará a ser comprometido. (Algumas pessoas cortam o cabelo curto para não terem que cortar muitas vezes. Isto não é uma boa ideia para a relva!)

6. O primeiro corte deve ser feito com uma lâmina, de máquina de cortar relva, bem afiada. Uma lâmina pouco afiada pode arrancar a relva nova, pela raiz, em vez de a cortar.

7. Deve usar uma lâmina afiada a cada corte. Uma lâmina rombuda rasga a relva ou esmaga-a, em vez de a cortar. Isto irá mostrar-se como pontas castanhas em poucos dias. Isto causa stresse e torna a relva suscetível a problemas, possivelmente doença.

8. Não deve pulverizar produtos químicos sobre relvados ‘jovens’. Herbicidas e fungicidas irão prejudicar a relva nova e poderá matá-la. Aguarde que o relvado tenha pelo menos 4 a 5 meses de idade, ou mais, dependendo da força do produto químico.




Deixar Comentário