Como tratar a água da piscina

A água da  piscina é permanente, ou seja, sendo bem cuidada jamais haverá necessidade de troca. Mesmo que por eventual descuido ela esteja bastante irregular. Deverá ser tratada e será totalmente recuperada. Poderá estar com o PH desajustado, com algas ou até mesmo com sujidade em excesso. Seguindo alguns pontos básicos deste texto vai ver que a água da sua piscina voltará a estar em condições de uso. Pode ainda consultar este artigo sobre como limpara a água da sua piscina para informações complementares a este texto.

É de fundamental importância que o nível do PH da água esteja de acordo com a alcalinidade e acidez permitida para água de piscina. Um pH desnivelado leva a uma ineficiência dos produtos químicos. Quando a água da piscina tem valores de pH baixos, ou seja, está ácida, tende a provocar irritação dos olhos e das mucosas, corrosão e a deterioração do revestimento. Quando o inverso acontece e os valores do pH da água sobem, tornando-a alcalina, ela tende a provocar irritação dos olhos e das mucosas, água turva e com tendência a criar algas, corrosão e a precipitação dos depósitos calcários. O cloro residual e o controle de algas, tem de ser mantidos de acordo com a informação exposta nas instruções de utilização do cloro.

PH da Água

PH = Potencial Hidrogénio. A sua análise é de extrema importância, pois através desta, permite ter conhecimento sobre o estado da água, que pode variar entre ácida, neutra ou básica. Os valores variam entre 0 e 14 e é através desta taxa que determinamos o seu estado:

Ácida       valores inferior a 7
Neutra       valores iguais a 7
Básica       valores superiores a 7
O pH ideal deverá encontrar-se entre 7.2 e 7.6

Caso o resultado da análise apresente um valor inferior a 7.2 deverá acrescentar pH+, Se os resultados demonstrarem valores superiores a 7.6, deverá acrescentar pH -.

Acção do Anti-algas

Devido a diversos factores, como a frequente precipitação de águas ricas em sais minerais, podem surgir na água microrganismos que sobrevivem na água e tornam a água esverdeada e consequentemente turva.  Nestes casos é necessária a intervenção de um anti-algas, que eliminará estes microrganismos.

Preparação da piscina para o Inverno

Após o Verão, a utilização da piscina poderá tornar-se incomoda pelo facto da temperatura da água, ser demasiado baixa. Devido a este facto não é necessário, o escoamento total da água da piscina, uma vez que desta forma, pode colocar em risco a estabilidade da estrutura. A pressão da água equilibra o peso exercido pelas movimentações da terra, e desta forma as paredes da piscina não estão desprotegidas. Poderá efectuar-se um escoamento parcial da água, que facilmente será compensado através das águas da chuva, no entanto nesta altura deverá proceder-se à protecção da piscina durante o Inverno.

A não observância dessas instruções, poderá provocar manchas e uma rápida e acentuada descoloração no pavimento que envolve a sua piscina, além de danificar acessórios e equipamentos. Filtre a água de sua piscina diariamente por um mínimo de 04 a 08 horas, lave a areia do filtro após esse período e limpe o cesto do pré–filtro a cada 3 dias.

10 Comments

  1. EDUARDO Responder
  2. José Madaleno Responder
  3. JORGE RELVAS Responder
  4. JORGE RELVAS Responder
  5. bianca ribeiro campos Responder
    • Paulo Responder
    • leonardo Responder
  6. fatima balbino Responder
  7. johane sumbane Responder

Deixar Comentário