Cultivo plantas medicinais-Arnica

Como fazer o cultivo de plantas medicinais/plantas de jardim-Arnica   

Nome científico: Arnica Montana L.
Família: compostas  

 Características: A arnica é uma planta herbácea, de caule pouco ramificado, que pode medir entre 20 e 70 cm de altura. As uas raízes são escuras e fibrosas, com folhas ovais que podem chegar a 7 cm de comprimento.   

As suas flores são amarelas ou alaranjadas, com aspecto semelhante ao da margarida. As partes da planta utilizadas para fins medicinais são as folhas e flores. Entretanto deve ser usada com restrição, pois é uma planta que, além do seu poder medicinal, produz várias substâncias tóxicas.   

A utilização em jardins aromáticos é interessante pelo suave perfume exalado das suas folhas.   

Cultivo   

A arnica não é uma planta de fácil adaptação. É originária das regiões montanhosas da Europa. No Brasil, ambientou-se muito bem às regiões de montanhas de Minas Gerais. Mesmo assim, tomando-se alguns cuidados, podemos cultivá-la em nossa casa. O plantio tanto a partir de sementes quanto das mudas pode ser feito em qualquer época do ano. O espaçamento entre as plantas deve ser de 30 x 30 cm. Ela prefere solos arenosos adubados com húmus e ambientes ensolarados.   

Propagação: A sua propagação pode ser feita por sementes ou por mudas retiradas de plantas adultas. Como ela apresenta caule subterrâneo, este emite raízes na parte de baixo e caules aéreos para cima. Assim, pode-se arrancar parte deste caule subterrâneo e plantá-lo em outro local.   

Modo de usar

Excelente no tratamento externo de choques, pancadas, distensões musculares e contusões, especialmente quando resulta em hematomas e inchaços. Apresenta propriedades anti-inflamatórias. Deve ser utilizada com muito cuidado, pois é bastante tóxica em doses altas. Recomenda-se uso somente externo. O uso interno deve ser recomendado somente por profissionais.   

Nota: Por ser uma planta venenosa, deve ser preparada com cuidado. Sua tintura só é usada externamente em casos de contusões e traumatismos. É aconselhável apenas o uso externo.   

 




Uma resposta

  1. Alberto Marins Responder

Deixar Comentário