Dicas para decorar o quintal

Se tem sorte de ter uma casa com quintal, então saiba como tirar o maior partido deste com as nossas dicas.

Muitas pessoas esquecem que a decoração deste tipo de locais também é importante, especialmente se pretendem aproveitar todas as suas potencialidades.

Com algumas dicas e ideias criativas podemos transformar um quintal num espaço bonito, que apele à tranquilidade e calma no meio do agitado ambiente urbano.

Contudo, o espaço do quintal deve também ser utilizado da forma mais eficaz possível, pelo que lhe sugerimos as próximas dicas para o decorar.

 

 

1 – Por onde começar

Comece por estabelecer um foco de destaque no quintal. Pode ser uma árvore favorita, um vaso de flores mais imponente ou até um pequeno lago. O importante é que a restante decoração se centre em torno deste pormenor que capta a atenção.

Escolha ainda um esquema de cores que goste e que combine com o espaço e estilo de decoração que tem em mente. Escolha um esquema de cores que fique bem com as flores e folhagens, tecidos e acessórios fabulosos.

2 – Divida por áreas e funções

Para tornar o espaço mais funcional, o ideal é que o divida por áreas e funções específicas. Pode, por exemplo, optar por dedicar uma zona do pátio para descanso, com uma confortável rede, espreguiçadeira ou puffs confortáveis. Pode criar outra zona para refeições ao ar livre, com uma mesa prática, resistente e acolhedora.

3 – Áreas de sombra e proteção.

Se pretende passar algum tempo no quintal, então não se esqueça de decorá-lo com algumas áreas de sombra. Pode optar por estruturas artificiais ( à venda em lojas especializadas ou construídas de raiz) ou até por opções naturais, como árvores ou arbustos. O importante é que tenha à sua disposição no quintal áreas onde possa relaxar nas horas de maior sol e calor.

Igualmente importante é também providenciar áreas onde poderá, por exemplo, estar protegido pela chuva e frio.

4 – Atenção à privacidade

Este pormenor é muitas vezes esquecido na decoração de um quintal, mas é de extrema importância para quem o possui, pois ninguém gosta de sentir-se observado ou de sentir que não pode ficar totalmente à vontade na sua propriedade. Certamente que não irá apreciar estar exposto para vizinhos e transeuntes que passem em frente à sua casa.

Aconselhamos que encontre forma de criar limites e barreiras que lhe permitam usufruir de privacidade quando estiver a desfrutar do espaço e que o mantenham resguardado dos ambientes públicos. Pode optar por diversas formas de criar estas barreiras, como por exemplo muros naturais com videiras ou trepadeiras ou até uma opção mais artificial com recurso a materiais como madeira, ferro e até betão.




Deixar Comentário