Limpeza e conserto de carpetes

A limpeza regular de carpetes contribui para a sua durabilidade, consequentemente para um menor gasto no conserto de carpetes e para um ambiente mais saudável livre de bactérioas e vírus projudiciais a nossa saúde.

A limpeza diária dos carpetes com um bom aspirador de pó removerá as partículas que, uma vez entranhadas nas fibras, acabam por danificá-las, bem como à base.

Durante as primeiras semanas após a colocação dos carpetes, forma-se em sua superfície uma espécie de penugem, resultante de fibras curtas soltas. Elas devem ser removidas, de preferência a mão, com uma escova macia.

Enquanto o carpete assenta, é comum surgirem em sua superfície pequenas bolinhas, provocadas por fibras soltas, embaraçadas com a trama do carpete. Convém aparar esses emaranhados com uma tesoura; nunca tente arrancá- los puxando.

Ocasionalmente, uma farpa de um móvel poderá repuxar um fio do carpete, deixando-o saliente. No caso, verifique se algum dos fios adjacentes está rebaixado. Se estiver, puxe-o com uma agulha de croché ou com um arame fino enrolado. Caso isso não se mostre viável, nem pelo lado do avesso, a alternativa é aparar o fio saliente.

Limpeza de Carpetes

Carpetes pouco sujos poderão ser limpos com shampoos específicos, manualmente ou com aplicador eléctrico apropriado, e um aspirador potente.

As superfícies manchadas devem ser tratadas à parte. Antes de empreender à limpeza completa, teste uma pequena área para observar eventuais descolorações, embora isso quase nunca aconteça com carpetes de boa qualidade. Consulte aqui o guia rápido para remover manchas em carpetes e não perca mais tempo a pensar como tirar aquelas manchas que achava que nunca mais iam sair.

A espuma produzida pelos preparados próprios para a limpeza de carpetes é “seca”, ou seja, humedece muito pouco a superfície, evitando que o excesso de unidade afecte o carpete.

Depois da aplicação do shampoo, passe um pano seco na superfície do carpete, deixando as fibras deitadas num único sentido; isso apressa a secagem. Antes de recolocar o carpete, caso o tenha removido, ou antes de repor os móveis nos lugares, certifique-se de que o carpete esteja pelo menos razoavelmente seco, e passe o aspirador.

Carpetes muito sujos devem ser confiados a empresas limpadoras

 Ao reparar carpetes com base de junta  marque a área danificada pelo avesso e aplique adesivo em volta das linhas de demarcação.

  1. Corte a área danificada com um estilete, protegendo a superfície com uma placa de madeira.
  2. Coloque o pedaço recortado sobre um retalho e marque o contorno com uma caneta de ponta porosa.
  3. Assente as tiras adesivas ultrapassando ligeiramente as bordas do buraco.
  4. Coloque o remendo sobre a fita plástica adesiva, batendo em toda a volta para assegurar perfeita fixação.

Solúveis em água

Devem ceder à limpeza com shampoo, se você adicionar a cada litro desse sabão líquido duas colheres (das de sopa) de vinagre branco, a fim de manter a solução ácida e fixar a pigmentação do carpete. Esfregue com pano branco limpo, sem exercer muita pressão, no sentido das extremidades da mancha para o centro. Use toalha de papel para absorver o excesso de unidade. Seco o carpete, passe o aspirador de pó.

Solúveis em solvente

Convém que as manchas sejam removidas com pequenas porções de solvente para limpeza a seco. Se você antes tentou fazer a limpeza com shampoo, deixe a área secar de todo antes de utilizar o solvente. Faça uma boneca de pano, molhe-a (sem encharcar) com solvente e passe-a sobre a mancha, das extremidades para o centro. Caso a nódoa persista, esfregue mais, vigorosamente. Quando boa parte da mancha passar para a boneca, vire o pano para a face limpa e continue o trabalho. Absorva o excesso de solvente com toalha de papel. A fim de remover qualquer traço remanescente, use shampoo ou removedor de manchas. Se todos esses recursos falharem, recorra a profissionais.

Reparar / Consertar Carpetes

Pode-se remendar as áreas desgastadas com um novo pedaço de carpete (remanescente da colocação), mas lembre-se de que o resultado nunca será absolutamente perfeito: as partes adjacentes à superfície substituída na certa apresentarão também aspecto desgastado e descorado, realçando o remendo.

reparação de carpetes

Remendo de carpete com base de juta

Vire o carpete com o avesso para cima e demarque a área danificada. Sobre essas linhas, aplique uma faixa larga de fita plástica adesiva. Isto evitará que a trama se desmanche ao cortar a peça defeituosa. Coloque embaixo do carpete uma placa de madeira e recorte a área com um estilete bem afiado. Ponha o segmento recortado com a face virada sobre o avesso do retalho, alinhando-o com o sentido da trama e com os eventuais desenhos.

Marque o perfil exacto do remendo, mas, antes de recortá-lo, cubra as linhas com fita plástica adesiva. Coloque tiras de fita em volta do furo, deixando-as parcialmente salientes em direção ao interior do carpete, para receberem o remendo. Desvire o carpete e encaixe o remendo no furo, cuidando para não virar os pêlos adjacentes para dentro. Se isso acontecer, puxe-os com uma agulha de croché. Martele-o em toda a volta para assegurar a perfeita aderência sobre a fita adesiva.




Deixar Comentário