Como Começar      Casas Seguras      Como Comprar      Dicas de Trabalho      Materiais      Poupança      Reparar Equipamentos

Download 3 Ebooks Grátis

Produtos de Limpeza: o que usar?

Para limpar e fazer bricolage, utiliza-se uma grande variedade de produtos.  Podem ser solventes, vernizes, tintas, detergentes, insecticidas e outros produtos, que pela sua composição podem ser perigosos, tóxicos, irritantes, inflamáveis ou corrosivos. Estes produtos tóxicos por terem este tipo de caracteristicas, devem ter rótulos com as devidas informações sobre os seus ingredientes  e os cuidados quando forem utilizados. Os rótulos devem trazer também o que se deve  fazer em caso de acidente como ingestão do produto e o contacto com os olhos. Deve também ter cuidado quando utilizar estes produtos precavendo-se, isto é, sempre que possível use luvas e máscaras próprias para se proteger.

As precauções mais importantes a tomar são:

- Ler sempre as instruções de utilização do produto, mesmo as que estão em letra pequena.

- Quando utilizar produtos tóxicos que tenham um cheiro activo como vernizes e colas, deve trabalhar em locais arejados e sempre que possível ao ar livre.

- Deve utilizar luvas e máscaras de protecção, pois muitos destes produtos agridem a pele e as mucosas.

- Tenha a certeza  de que não corre nenhum risco, quando trabalhar com produtos inflamáveis. Quando acabar de os utilizar tenha o cuidado de os colocar num local fresco.

- Deve conservar todos os produtos na sua embalagen de origem, longe do alcance das crianças e dos animais domésticos. È muito perigoso mudar  produtos deste género para outros recipientes especialmente se for para embalagens de alimentos ou bebidas. Isto pode originar a enganos com consequências muito graves. Por outro lado ao mudar a embalagem poderá também perder as informações contidas no rótulo.

- Não deve adquirir  quantidades excessivas deste tipo de produtos pois a  vida útil destes é muito variável. A  maioria deles costuma deteriora-se com o calor ou o frio excessivo e também com a humidade.

- É aconselhável pôr no lixo todos os produtos que não conseguir identificar.

- Não adquira este tipo de produtos a granel, pois arrisca-se a comprar sem uma embalagem com identificação ou rótulos. Se por algum motivo tiver de os comprar assim, não se esqueça de de colocar um rótulo na embalagem a identificar o tipo de produto. Nesse rótulo improvisado dever também conter a data da compra.

- Se tiver um acidente com este tipo de produtos,  isto é, se algum destes produtos for projectado para a pele ou para os olhos, deve imediatamente lavar com bastante água corrente. Se for preciso, procure um serviço de urgência.

- Deve informar rapidamente o Centro de Informação Anti-Venenos se porventura apesar de todos os cuidados e precauções, houver uma intoxicação. Deve proceder à identificação exaustiva do produto, bem como as substâncias contidas na embalagem. Não improvise nenhum tratamento, pois pode ser ainda mais prejudicial do que o próprio acidente.

Água oxigenada

A água oxigenada um líquido incolor, com algum poder desinfectante. È um agente branqueador seguro para tecidos que não suportam o cloro. Vende-se  geralmente, em soluções de 10, 20, 30 e 150 volumes. A água oxigenada pode provocar queimaduras, pelo que não deve ser é utilizada concentrada.  Serve especialmente para preparar uma solução diluída, sem intenção sem intenção de ser conservada durante muito tempo. Deve arrumar a água oxigenada num embalagem hermética longe da luz.

Acetona

A acetona é um líquido geralmente sem cor e com um odor característico. Normalmente é usado como solvente para o verniz das unhas. A acetona pura pode ajudar a  remover as manchas de gordura, tinta, verniz, laca, cola e betume para madeira. Não ataca as fibras naturais nem as sintéticas, somente o acetato de celulose, isto é, a seda artificial. Por outro lado, pode estragar alguns tipos de plástico e as cores dos tecidos. Para isso não acontecer antes de usar acetona, deve aplicá-la num local escondido do objecto a tratar. A acetona pura é muito inflamável e produz vapores tóxicos, por isso deve mantê-la longe de fontes de calor. Utilize uma máscara de protecção pois o cheiro é muito intenso e ventile bem o local durante e após o seu uso.

Aguarrás (essência de terebintina)

È um produto incolor e volátil, com um odor característico. Utiliza-se puro como diluente de tintas de óleo, gorduras ou ceras para o tratamento da madeira. A aguarrás penetra nos veios da madeira e restabelece a cor aos móveis. Este produto apesar de a sua toxicidade ser reduzida, é inflamável e tem algumas probabilidades de  provocar irritação na pele. Quando utilizar aguarrás, coloque luvas. Não deve fumar nem aproximar o produto de fontes de calor para não correr o risco de explosão.

Amaciadores

Os amaciadores são usados depois da lavagem com detergente, deixando a roupa mais macia e volumosa e com um perfume agradável. Estes produtos de limpeza ajudam no processo de secagem e na tarefa de passar a ferro, já que o ferro desliza mais facilmente.

Desnaturado (metanol)

O metanol quando é diluído em água actua como produto de limpeza de cristais e de pinturas com tinta de látex. Tem também substâncias activas desengurdorantes. Deve ter cuidado pois é classificado como um dos produtos tóxicos e inflamáveis. Dessa forma, deve mantê-lo longe de fontes de calor. Quando precisar dele para alguma tarefa use uma máscara de protecção.

Amónia

A amónia também é conhecida por amoníaco. È um líquido incolor, com um odor intenso. Para ser  usada em casa como produto de limpeza doméstico esta solução tem de ser diluída em água em que 10 % contém amónia. A amónia é usada para limpar vidros, objectos de cobre e de prata, retirar os maus cheiros das casas de banho e  é também usada como tira-nódoas. Para isso, deve experimentar antes  numa zona escondida do tecido para testar a sua resistência. Algumas pessoas associam o cheiro da amónia a uma boa limpeza, mas não é essencial que os detergente de limpeza a contenham para serem eficazes. Tenha atenção pois a amónia irrita os olhos e as vias respiratórias. Deve usar óculos especiais e uma máscara de protecção quando utilizar este tipo de produto. Tenha atenção para não misturar a amónia com outros produtos de limpeza, caso contrário pode correr o risco de libertar gases tóxicos.

Bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio é  produto que pode ser  utilizado em várias operações. Pode até servir de fermento em receitas culinárias. O Bicarbonato de sódio é usado numa solução líquida, para limpar e dar brilho a louças de porcelana e de vidro ou, como produto de limpeza para o interior das garrafas termos.

Benzina

Usa-se como diluente, é desengordurante  na limpeza de vestuário. Tome precauções pois é um produto inflamável. Não deve fumar nem aproxima-lo de  fontes de calor.

Cera

A cera pode ser natural ou sintética. È vendida misturada com um solvente. È ideal para encerar móveis e soalhos.

Diluentes sintéticos ou celulósicos

Os diluentes puros  usam-se como solventes para tintas sintéticas ou celulósicas do mesmo tipo. Os diluentes servem limpar alcatrão, eliminar manchas de tinta fresca, ajudam a limpar utensílios de pintura como pincéis e pistolas. Estes produtos são inflamáveis e muito tóxicos. Tenha atenção para não fumar nem os aproximar fonte de calor. Para lidar com este tipo de produto é aconselhável utilizar máscara de protecção. A essência de petróleo também é um produto que se usa  puro como solvente para tintas e óleos sintéticos, pode actuar como desengordurante para metais e utensílios de cozinha. Quando utilizar este produto na cozinha é indispensável passar muito bem por água após a operação. Deve ter atenção pois é um produto inflamável e quando o utilizar não deve fumar nem o aproximá-lo de nenhuma chama.

Detergentes líquidos ou em pó

Os detergentes líquidos ou em pó são produtos sintéticos solúveis em água. Não se deve exagerar na sua quantidade já que, dada a sua viscosidade, ajudam na acumulação de calcário nas canalizações. A apresentação dos detergentes líquidos e o fim a que se destinam é muito variada. Os detergentes líquidos lava-tudo são bons para limpar a sujidade de diversas superfícies pavimentos, azulejos, esmaltes, etc. Não deve de maneira alguma lavar a roupa ou a louça com este tipo de detergentes. Deve ter atenção para não produto misturar  outros detergentes com lixívia ou amónia. Os detergentes destinados a lavar a louça à mão possuem substâncias desengordurantes e agentes produtores de espuma. Podem ser muito ou pouco concentrados. Os detergentes da louça  para lavar à máquina normalmente são muito alcalinos e mais agressivos do que os detergentes para lavar à mão. Deste modo, não são recomendados para louça de cristal ou de porcelana fina. Se quiser lavar este tipo de louça, o melhor é lavar à mão. Há testes efectuados que confirmam que tantos os detergentes de lavar à máquina com os de lavar à mão são eficientes. Deste modo isso, pode escolher os mais baratos e os que possuem menos fosfatos. Os fosfatos ajudam na remoção da sujidade, mas são prejudiciais para o meio ambiente, promovendo o desenvolvimento de algas que prejudicam a correcta oxigenação dos rios. Isto acarreta  consequências negativas para a fauna e a flora aquáticas. Actualmente já há detergentes sem fosfatos. Estes agora são substituídos por citratos, substâncias biodegradáveis e não tóxicas, e por policarboxilatos. Por outro lado, os produtos de enxagua-mento como os abrilhantadores facilitam a secagem da louça sem deixar manchas de calcário ou outros resíduos. Os detergentes  para  lavar roupa podem ser universais e maioritáriamente apresentam-se em pó. São eficazes a temperaturas entre 30 e 90° C . Estes detergentes são especialmente indicados para os tecidos normais que se costumam lavar com bastante regularidade. Os detergentes feitos especialmente para temperaturas baixas ou médias, não possuem perborato de sódio que é um agente branqueador. Estes devem ser usados para os tecidos mais delicados. Pode contudo lavar a roupa à mão  os tecidos delicados com este tipos de detergente, pois normalmente, não prejudicam e a qualidade do tecido. Escolha um detergente para lavar à mão que não tenha fosfatos. Não vale a pena exagerar na dose estabelecida pois isso não irá melhorar a lavagem.

Lixívia

A lixívia é utilizadas para tirar nódoas. Não é conveniente utilizar este produto em tecidos de lã, de seda ou fibras sintéticas.  A lixívia é eficaz na remoção de  manchas de humidade  para isso basta fazer uma mistura de lixívia e água com as mesmas proporções. Também pode se usada para limpar é o chão, neste caso a medida é um copo para um balde de água. Tenha atenção para não  inalar este produto nem mistura-lo com outros produtos de limpeza.

Óleo de linhaça

O oleo de linhaça usa-se na maior parte das vezes para proteger os ladrilhos de barro cozido não vidrado, isto é a tijoleira. Pode ser usado também para ajudar a conservar a madeira de interiores  que não foi tratada, a proteger cordas de fibras naturais e pode igualmente servir como diluente para massa de vidraceiro não sintética. O óleo de linhaça é  um produto sensível humidade e desta forma não deve ser utilizado para  tratar madeiras exteriores como portas, janelas e caixilhos.

Sabão

O sabão usa-se para diversos fins. Pode servir como detergente, ajuda a  conservar a humidade algumas vezes pode actuar como lubrificante. Este produto de limpeza  é usado como desinfectante pois tem uma acção anti-séptica. O sabão é um detergente mutilfuncional.

Soda ou potassa cáustica

Estes produtos podem ser vendidos  numa forma líquida ou em cristais. São bons como anti-gordura e para ajudar a  desentupir as canalizações. São produtos altamente corrosivos,  que podem provocar queimaduras graves. Deve protejer bem os olhos e as mãos material de protecção como óculos especiais e luvas. Se houver o descuido  de este produto entrar em contacto com a pele, deve lavar imediatamente a área atingida com água corrente. Tenha atenção para não os misturar com outros produtos ou detergentes químicos. Deve ter especial cuidado com este tipo de produtos guardando-os  fechados à chave, longe do alcance das crianças.

Perborato de sódio

Este produto é vendido em lojas e asselha-se a um pó branco, cristalino e inodoro. Tem capacidades branqueadoras  e é muito eficaz  para a remoção de nódoas.

Tricloroetileno

Para se utilizar este produto deve se usar puro, é bom para remover nódoas nos tecidos, usado como solvente e desengordurante para metais. Deve fazer o teste primeiro numa zona escondida do tecido para o caso de tecido não resistir. Tenha atenção pois este produto liberta vapores tóxicos. para o utilizar deve-o fazer em locais bem ventilados. Aconselha-se a usar máscara de protecção.

6 Comentários para “Produtos de Limpeza: o que usar?”

  • josyele diz:

    Achei super interessante a materia e demais assuntos,adicionei no meu blog o link, e virei aqui mais vezes para obter conhecimentos e elaboraçao de trabalhos.

  • claudia diz:

    Olá, quero saber qual a diferença entre óleo de linhaça e óleo de péroba, minhas portas e janelas estão invernizadas e quero deixá-las c/ um pouco de brilho sem precisar invernizá-las novamente. grata

  • Sandra Ferro diz:

    Boa tarde!
    Gostaria de saber como faço para tirar a húmidade das paredes da minha casa. Obrigada.
    Sem outro assunto de momento, subscrevo-me,
    Sandra Ferro

    • ROBERTO GUEDES DE MAGALHAES diz:

      BOA TARDE DESEJO SABER COMO FAÇO PARA RETIRAR HUMIDADE DAS PAREDES DE MINHA CASA ,PODEM ME AJUDAR , FICO GRATO

  • GOSTEI BASTANTE DESSAS INFORMAÇOES

  • GOSTEI BASTANTE DESSAS INFORMAÇOES

  • Deixe um Comentário:

    Nome (obrigatório):
    Mail (não será publicado) (required):
    Website:
    Comentário (obrigatório):
    XHTML: Usted puede utilizar el siguiente: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Quero fazer uma pesquisa por: