Como Começar      Casas Seguras      Como Comprar      Dicas de Trabalho      Materiais      Poupança      Reparar Equipamentos

Download 3 Ebooks Grátis

Manutenção de uma bicicleta

Como fazer a manutencao da sua bicicleta

Para ter uma bicicleta em boas condições, o ideal é fazer duas revisões anuais, uma depois do verão e outra no final do inverno, para tal é necessário que todas as peças estejam bem apertadas e sem ferrugem. Com maior frequência verifique se a bicicleta necessita de lubrificação, se os travões estão em bom estado e as mudanças afinadas. Se limpar a bicicleta com água certifique-se que ficou bem seca para evitar a formação de ferrugem. Para eliminar manchas e sujidade o ideal será com um pano macio humedecido em petróleo. Os cromados e as partes de alumínio deverão ser limpos com um produto de limpeza próprio para metais. Lubrifique as partes móveis: todos os parafusos e porcas, os pernos e eixos das rodas, os pedais e a pedaleira, bem como o sistema de regulação da altura do selim, a corrente, os travões, as mudanças de velocidade e a campainha.

Roda empenada

Reparar uma roda deformada é uma tarefa muito delicada: é difícil obter um resultado perfeito mas, com um pouco de paciência, poderá pelo menos melhorá-la.

Como reparar a roda

Passos para reparar uma roda deformada:

  1. 1. Localizar os pontos em que a roda está torcida;
  2. 2. Assinalar as zonas em que os calços roçam;
  3. 3. Puxe a roda para o lado empenado e aperte os raios do lado oposto;
  4. 4. Repita esta operação as vezes que for necessário.

Como substituir o raio

Para substituir o raio é necessário desmontar a roda, o pneu e a câmara-de-ar. Retire o raio partido e desaperte os raios mais próximos para evitar que a roda empene. A seguir, regule a tensão com uma chave própria. Corte ou lime a extremidade do raio que sobressair da porca de fixação na jante: desta forma, a extremidade de metal não poderá danificar a câmara-de-ar.

Raio partido

Um único raio partido é suficiente para desequilibrar toda a roda e, além disso, a sobrecarga pode fazer com que outros raios se quebrem. Por isso, é indispensável substituí-lo o mais rápido possível. Mudar um raio não é uma tarefa difícil, mas dar-lhe a tensão correcta é mais complicado.

A saúde dos pneus

A pressão de ar do pneu desempenha um papel importante na sua eficácia e duração. Por isso, verifique-a regularmente, sobretudo quando estiver sem utilizar a bicicleta durante algum tempo. Examine com frequência o sistema de ar e a  superfície exterior dos pneus, para garantir que não estão fendidos nem têm pedras ou outros objectos incrustados. Esta operação é particularmente importante se costuma circular em pisos de cascalho. Um pneu careca deve ser rapidamente substituído.

Pneu vazio

Se tiver um pneu vazio, comece por verificar o pipo: tire a tampa e molhe o pipo com um pouco de saliva. Se este soltar bolhas de ar, substitua-o. Caso contrário, procure eventuais furos no pneu, provocados por um objecto pontiagudo (um prego ou um pedaço de vidro, por exemplo). Para fazer a reparação da câmara-de-ar, é necessário retirar o pneu. Para isso poderá utilizar ferros de desmontar ou, em alternativa, chaves de fendas ou colheres.

Atenção: é necessário ter cuidado para não danificar a câmara-de-ar!

Desenrosque completamente o pipo e separe o pneu da câmara-de-ar. Encha-a e passe-a por um recipiente com água. As fugas existentes vão libertar bolhas de ar. Seque bem a zona onde as bolhas se encontram e friccione-a com papel de lixa. Cubra os furos com cola adequada e, depois de esta secar, aplique o remendo (alguns já trazem cola). Passe a ponta dos dedos pela superfície da câmara-de-ar e pelo interior do pneu, para verificar se não existem saliências, pequenas pedras, que possam originar outros furos. Espere uns minutos e volte a mergulhar a câmara-de-ar em água, para garantir que o remendo ficou bem feito e que não há mais fugas. Volte a montá-la, começando por fixar o pipo e ajustando bem a câmara-de-ar na jante. Encha parcialmente a câmara-de-ar antes de montar o pneu e, quando este estiver no lugar, acabe de o encher.

A corrente está larga?

Quando a corrente da bicicleta está com folga ou quando os elos não encaixam nas rodas dentadas isto significa que esta está deteriorada e é necessário substitui-la.

Para encurtar a corrente:

Normalmente as correntes tem um elo amovível, é com este elo amovível que é possivel encurtar a corrente.

1º passo: solte o grampo com um alicate para poder abrir e retirar a corrente sem desmontar a roda.

2º passo: limpe a corrente, para isso pode mergulha-la durante algumas horas em pretróleo.

3º passo: calcule o comprimento ideal da corrente e retire os elos em excesso.

Nota: Se a corrente não tiver um elo amovível: desmonte a roda de trás. Em seguida, abra a corrente com um punção e adapte o comprimento com a roda já montada e puxada ao máximo para a frente. Encurte a corrente e feche-a com um elo amovível, que poderá encontrar à venda numa loja especializada.

Para esticar a corrente

Desaperte as porcas de fixação do carreto traseiro e puxe a roda para trás, até que a corrente esteja bem esticada. Em seguida, aperte de novo as porcas.

Folga na direcção

Se, ao levantar um pouco o guiador, verificar que este tem folga, é necessário corrigi-la imediatamente. Para isso é necessário desapertar a contraporca e retirar o aro metálico. Em seguida, aperte ligeiramente a caixa dos rolamentos de direcção, deixando um pouco de folga; reponha o aro e aperte a contraporca. Se verificar que continua a existir folga na direcção, convém examinar os rolamentos. Mas é melhor entregar esta tarefa a um mecânico.

Mudanças mal afinadas

Para afinar as mudanças basta ajustar os dois parafusos de afinação das mudanças. Seleccione a primeira mudança e ajuste o parafuso superior dianteiro, até a corrente ficar bem encaixada na roda dentada de maior diâmetro. Em seguida, seleccione a última mudança e ajuste o parafuso inferior, até a corrente ficar bem encaixada na roda dentada mais pequena.

Problemas com os travões

Existem diversos sistemas de travões, mas vamos falar apenas dos de bloco de travagem, que são constituídos por pequenos calços de borracha que encaixam num suporte metálico. Para que este sistema funcione correctamente, é necessário que o cabo esteja esticado e que os calços estejam em bom estado. Se notar que o cabo de travagem se desfia, este terá de ser substituido, caso contrario poderia partir-se ao travar. Lubrifique bem o cabo novo antes de o introduzir no resguardo. A alavanca do travão não deve tocar o guiador, mesmo quando completamente puxada. Caso contrário, a travagem será pouco eficaz. Por outro lado, se a alavanca for difícil de puxar, a travagem será demasiado brusca. Algumas bicicletas possuem um parafuso de tensão do cabo, que permite regular correctamente a travagem.

Como mudar os calços dos travões

O normal é, os dois calços desgastarem-se em simultâneo. Mas, mesmo que só um esteja gasto, mude os dois e verifique o mecanismo. Comece por soltar o cabo dos travões e desapertar a porca que fixa o suporte metálico. Segure o suporte com um alicate ou com o auxílio de um torno, por exemplo, e retire o calço usado com uma chave de fendas. Coloque o suporte metálico na vertical e introduza o calço novo com um martelo. Para realizar esta operação, prenda o suporte firmemente.

Atenção: o lado aberto do suporte deve ficar virado para a parte traseira da bicicleta e o calço não deve tocar a jante. Aperte bem a porca de fixação do suporte.

Como afinar os travões

Desenrosque a contraporca e rode lentamente o parafuso de afinação. Se isso não for suficiente, desaperte o perno do tensor do cabo com uma chave. Estique o cabo e segure-o nessa posição enquanto aperta o perno, Em seguida, regule a tensão do cabo através do parafuso de afinação e aperte a contra-porca.

13 Comentários para “Manutenção de uma bicicleta”

  • tii diz:
    como é que se tira os pedais? obrigado
    • João Pereira diz:
      Gostaria de saber como se afina uma bicicleta entre o guiador os pedais e o selim e a altura do mesmo.
      O meu muito obrigado
      Cumprimentos.
      João Pereira
  • Helder diz:
    como posso retirar o carreto traseiro da minha bike?
    • Hugo diz:
      o carreto deve ter dois furos pequenos a frente, cm um ponteiro e um martelo tenta faze-los rodar para um dos lados(atenção, pode se de rosca esquerda e nesse caso é para a esquerda que desaperta)
  • Cristiano diz:
    Oi, o quadro da minha bicicleta parece estar meio pra esquerda e quando estou correndo com ela no reto, o quadro fica como se estivesse para a esquerda, mas ninguém aqui soube dizer onde está o problema, haja vista que o pneu está correto, o de trás. Me diga qual é a solução por gentileza. Obrigado!
  • Obrigado pelas maravilhosas dicas. Afinal encontrei o que precisava saber sobre isso de uma maneira simples e direta. Me tornei seu fã e falarei com meus conhecidos sobre seu blog. Continue assim! comprar aspirador de pó
  • Andre Ferreira Kdb diz:
    eu tenho uma bmx e ela uma vezes pedala e derrepente pedala mas a roda nao meche hj tentei arrabnjala e a roda ficou torcida e os travoes fikaram mt juntos a roda e nao a deixa andar e agr
    ????
  • Andre Ferreira Kdb diz:
    eu tenho uma bmx e ela uma vezes pedala e derrepente pedala mas a roda nao meche hj tentei arrabnjala e a roda ficou torcida e os travoes fikaram mt juntos a roda e nao a deixa andar e agr
    ????
  • Andre Ferreira Kdb diz:
    eu tenho uma bmx e ela uma vezes pedala e derrepente pedala mas a roda nao meche hj tentei arrabnjala e a roda ficou torcida e os travoes fikaram mt juntos a roda e nao a deixa andar e agr
    ????
  • Israel Maracaipe diz:
    gostei muito deste artigo de manuntenção de bicicletas pois fazem mais de 15 anos que não mexo com bicicleta faziaconcerto quando mais novo e quando as bicicletas eram comum mais hoje que todas vem com conjunto de marcha o sistema é bem diferente mais estas dicas foram muito boa pra mim obrigado
  • Israel Maracaipe diz:
    gostei muito deste artigo de manuntenção de bicicletas pois fazem mais de 15 anos que não mexo com bicicleta faziaconcerto quando mais novo e quando as bicicletas eram comum mais hoje que todas vem com conjunto de marcha o sistema é bem diferente mais estas dicas foram muito boa pra mim obrigado
  • Israel Maracaipe diz:
    gostei muito deste artigo de manuntenção de bicicletas pois fazem mais de 15 anos que não mexo com bicicleta faziaconcerto quando mais novo e quando as bicicletas eram comum mais hoje que todas vem com conjunto de marcha o sistema é bem diferente mais estas dicas foram muito boa pra mim obrigado
  • Deixe um Comentário:

    Nome (obrigatório):
    Mail (não será publicado) (required):
    Website:
    Comentário (obrigatório):
    XHTML: Usted puede utilizar el siguiente: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Quero fazer uma pesquisa por: