Aplicação de Pavimentos

Diversos tipos de aplicação de pavimentos

Pavimentos rígidos

O pavimento duro, incluindo os ladrilhos de cerâmica, de pedra e de ardósia, é durável e resistente à humidade, o que é perfeito para as áreas mais utilizadas da casa. Colocado correctamente, durará anos. Este pavimento não é de fácil colocação, como as placas de pavimento macias, por isso vale a pena planear primeiro a configuração em papel vegetal e comprar ferramentas apropriadas de corte.

Ladrilhos de pedra e de ardósia

Faça o esboço da disposição e coloque duas ripas como guia da forma descrita para os ladrilhos de cerâmica. As ripas usadas devem ser duas vezes mais grossas do que o pavimento. Coloque uma fila de ladrilhos e pregue uma terceira ripa ao chão para que fique unida e paralela a uma das outras ripas. Verifique se as ripas estão niveladas, acrescentando, se necessário, lascas de madeira para as ajustar. Faça argamassa com uma parte de cimento e três partes de areia. Coloque uma camada com uma espessura de 12 mm para os ladrilhos de pedra e de 18 mm para os de ardósia, nivelando-a com uma ripa de madeira, fazendo, nas extremidades desta, entalhes, que deverão ter a espessura de um ladrilho menos 3 mm. Salpique cimento seco por cima da argamassa, depois coloque os ladrilhos respectivos no espaço. Insira separadores de mosaicos ou cavilhas para manter espaços iguais entre os ladrilhos. Calque os ladrilhos com a parte lisa da ripa de madeira até estarem nivelados com as ripas e limpe a argamassa da superfície dos ladrilhos antes que endureça. Retire as ripas de fora para formar outro espaço do mesmo tamanho e trabalhe secção a secção até que toda a divisão esteja completa. Deixe secar durante um ou dois dias. Quando puder andar em cima dos mosaicos, retire as ripas e coloque os mosaicos das extremidades. Aplique argamassa no pavimento e nivele-a primeiro com uma ripa de madeira. Vede as juntas com argamassa à prova de água ou com uma mistura de argamassa seca de 1:3.  

Ladrilhos de cerâmica

Planeie a disposição dos ladrilhos de cerâmica, como faz para as placas de pavimento macias, depois fixe ripas de marcação nas extremidades dos últimos ladrilhos colocados. Use um esquadro para se certificar de que as ripas formam um ângulo recto perfeito e, num pavimento sólido, fixe-as com pregos de alvenaria. Aplique cola com uma espátula dentada numa área com cerca de um metro quadrado e coloque os ladrilhos segundo o plano. Use pedaços de cartão grosso ou separadores de ladrilhos para manter os espaços iguais para a aplicação de argamassa. Coloque até uma dúzia de ladrilhos de cada vez, usando uma régua comprida e o nível de bolha de ar para verificar se os ladrilhos estão direitos e a superfície horizontal. Trabalhe pela divisão desta forma, depois deixe os ladrilhos secar durante 24 horas antes de colocar os das extremidades. Para marcar um ladrilho de extremidade para o corte, siga a técnica descrita para as placas de pavimento macias. Um cortador de ladrilhos simplifica o trabalho. Aplique cola na parte de trás dos ladrilhos cortados e não no solo. Deixe secar durante 24 horas e depois aplique a argamassa. Aplique-a com uma esponja seca num metro quadrado de cada vez, limpando as juntas com uma ferramenta apropriada ou com uma cavilha. Limpe o excesso de argamassa com uma esponja húmida e, quando estiver seca, passe um pano limpo e seco pela superfície.  

Técnicas de corte

Para cortar mosaicos de cerâmica para encaixar à volta de obstáculos como canos e esquinas, marque a linha de corte no mosaico e corte o excesso com uma pinça bicos-de-papagaio. Quando a maior parte tiver sido retirada, alise a extremidade rugosa com uma lima de mosaicos. A pedra e a ardósia devem ser cortadas com um escopro de desbaste e um martelo. Para cortar ladrilhos, alugue ou compre um corta-azulejos capaz de cortar espessuras até 18 mm.

 Sub-bases

Os mosaicos de cerâmica podem ser colocados sobre um revestimento de contraplacado posto por cima de soalho de madeira, que pode não ser suficientemente forte para outros tipos de pavimentos duros. Uma base sólida é ideal para este tipo de pavimentos duros, que podem ser colocados onde existe aquecimento subterrâneo ou onde não existe uma placa impermeável.

Sugestão prática

 Os ladrilhos com uma parte de trás lisa podem ser colocadas numa camada de 3 mm de cola, mas aqueles que têm irregularidades necessitam de uma camada de 6 a 12 mm.  

Pavimentos de tiras de madeira

O pavimento de madeira é perfeito para usar na maioria das divisões da casa e requer apenas conhecimentos básicos de carpintaria para ser colocado. O método utilizado varia segundo o sistema escolhido. Algumas ripas têm de ser pregadas a soalhos, enquanto outras são concebidas para serem flutuantes e podem ser coladas, agrafadas ou simplesmente encaixadas umas nas outras.  

Intervalos de expansão

Todos os pavimentos de ripas de madeira precisam de um espaço de dilatação à volta das extremidades da divisão para permitir que o solo dilate e contraia naturalmente. Isto pode ser feito tirando e voltando a colocar o rodapé para que este cubra as ripas de extremidade ou preenchendo o espaço com tiras de cortiça ou cobrindo-o com perfis de quarto de círculo, que constituem opções mais rápidas e fáceis. Há à venda kits de colocação de pavimento que já trazem este tipo de material incluído. O pavimento de ripas laminado pode ser colocado exactamente da mesma forma que o pavimento de ripas de madeira.

Colocação

Marque uma linha de orientação para a primeira fila desenhando uma linha a giz 12 mm separada, e paralela, da parede mais afastada. Normalmente, a colocação de soalho numa divisão é feita no sentido do comprimento ou em ângulos rectos ao pavimento.

Use uma tira de madeira ou separadores para ficar com um bom espaço de dilatação e una a extremidade de encaixe da primeira ripa ao separador. Coloque as tábuas a seco, para completar a primeira fila, veja como fica e, se necessário, corte uma para encaixar, marcando-a com a ajuda de um esquadro de encosto. Depois de a primeira fila ter sido posta e alinhada com a parede, afaste as tábuas e fixe-as no sítio segundo o método recomendado. Para um pavimento colado, aplique cola nas tábuas macho e fêmea, limpando imediatamente o excesso que sai por entre as tábuas. As tábuas fixas por clips devem ser inseridas na tábua adjacente com intervalos de 760 mm. Se for necessário pregar, coloque os pregos no chão através das saliências das tábuas num ângulo de 45°, com um intervalo de 200 a 250 mm e até 40 mm de cada extremidade. Para colocar as ripas seguintes, empurre a extremidade de encaixe de uma ripa para a ripa com a extremidade saliente já colocada, calcando-a firmemente com um martelo e protegendo a extremidade com um pedaço de madeira. Coloque a segunda e as seguintes filas desta forma, escalonando as uniões. Pode utilizar-se um pedaço de madeira com mais de 300 mm para começar a fila seguinte. Se uma ripa tiver de ser cortada em comprimento para encaixar num rodapé, coloque-a exactamente sobre a última ripa colocada e ponha outra tábua em cima para que a sua saliência encoste ao rodapé. Use a extremidade da tábua de cima como guia para marcar a linha de corte na tábua de baixo e corte com o tamanho certo utilizando uma serra de respigar. Para colocar as últimas ripas no lugar, use uma alavanca ou ferramenta de encaixe, se fornecida, e empurre-a para a fila anterior. Se o pavimento foi fixo com pregos, fixe as últimas ripas com pregos através da superfície da madeira, martelando os pregos para baixo da superfície e disfarçando-os com massa de enchimento. Deixe o pavimento a secar durante 24 horas, tempo após o qual os separadores podem ser retirados e o espaço de dilatação tapado com uma tira de cortiça. Se o pavimento não tiver um acabamento, deve ser vedado o mais depressa possível com cera, óleo ou verniz de poliuretano.

 Técnicas de corte

Pode ser difícil cortar pavimentos de madeira para encaixar à volta da ombreira de uma porta. Em vez disso, use um pedaço de madeira como guia para marcar uma linha de corte horizontal no fundo da ombreira. Serre-a ao longo da linha e retire os restos serrados. A ripa de madeira deve encaixar perfeitamente por baixo.

 Bases de apoio

O pavimento de ripas de madeira não necessita de um revestimento prévio de madeira dura, mas pode precisar de um papel de impermeabilização ou de uma barreira de vapor em polietileno, por isso verifique as instruções de instalação do fabricante. Os soalhos flutuantes e os sistemas de fixação directa podem ser instalados por cima do chão existente. Um soalho flutuante é a melhor opção para o chão sólido.

  Sugestão prática

 As portas podem ter de ser aparadas para encaixar por cima do pavimento novo, por isso retire-as antes de iniciar o trabalho.  

Colocação de parque

O parque é o pavimento de madeira decorativo mais barata e pode ser folheado ou de madeira dura e resistente. E também fácil de colocar e económico, especialmente em divisões com formatos irregulares. Alguns painéis trazem já acabamento, enquanto outros precisam de ser lixados e impermeabilizados depois de colocados.

Para marcar uma linha de orientação para a primeira fila, acrescente 12 mm à largura de um painel e faça uma linha a giz no chão o mais afastada possível da porta. Encoste um separador com 12 mm ou uma ripa de madeira ao rodapé para formar o espaço de dilatação. Aplique cola no chão com uma espátula dentada, cobrindo uma área igual a dois ou três painéis. Coloque uma fila de painéis de cada vez, unindo-os uns aos outros. Não os aperte porque isso fará com que a cola saia para a superfície de madeira. Limpe o excesso de cola imediatamente. Use uma régua e o nível de bolha de ar para verificar se cada. fila está direita e horizontal antes de passar à seguinte. Nivele os painéis desnivelados calcando-os com um bloco de madeira mole e um martelo. Depois de todos os painéis terem sido assentes, corte os outros para encaixarem nas extremidades junto às paredes da divisão usando um para marcar a linha de corte. Encoste as peças da extremidade aos separadores que estão junto ao rodapé para deixar o espaço de dilatação. Quando cortar os painéis, corte-os pela superfície decorada com uma serra de respigar; aplique cola na parte de trás antes de os encaixar.

Pregue filetes de quarto de círculo ao rodapé com pregos de painel, com intervalos de 600 mm, ou tape o espaço de dilatação com uma tira de cortiça. Martele as cabeças dos pregos para dentro e disfarce-as com massa de enchimento de madeira. Depois de a cola secar, a superfície pode ser lixada, se necessário. Use uma lixadeira eléctrica, prestando particular atenção às juntas desniveladas. Aspire cuidadosamente e limpe com diluente para remover todo o pó. Depois, impermeabilize seguindo as instruções do fabricante.  

Sugestões práticas

Para reduzir o risco de empenamento, abra as embalagens e deixe os painéis na divisão onde vão ser usados durante sete dias antes da sua colocação, para que se adaptem aos níveis de humidade.

Disponha previamente os painéis no chão, ajustando o ponto de início se tiver espaços irregulares para encher.

A fibra corre em direcções diferentes, o que torna difícil lixar. Para minimizar as lascas, lixe levemente com um ângulo de 45o em relação à fibra.2 Marque o espaço de dilatação e aplique cola no chão com uma espátula dentada.  

Técnicas de corte

Para cortar painéis de madeira para encaixar à volta da ombreira da porta, marque a altura do corte com um painel, serre a base da ombreira, retire os desperdícios e insira o painel no espaço, podendo também usar um instrumento de medição de contorno para transferir o formato exacto para o painel e cortar com uma serra de arco. Para um cano, meça e marque a posição deste no painel, depois faça um orifício ligeiramente maior em diâmetro do que o cano. Retire uma tira de madeira entre o buraco feito e a extremidade do painel, para que possa ser colada novamente, e depois encaixe a tira no intervalo por detrás do cano.

 Bases de apoio

O pavimento de painéis de madeira deve ser colocado num chão falso limpo, seco e nivelado. Deve aplicar-se uma camada de argamassa nos pavimentos sólidos desnivelados, sendo necessário um revestimento de madeira dura em cima do soalho de madeira.

Pavimentos laminados

 Embora possa ser muito pesado e grande para manobrar, um rolo de vinil não é muito difícil de colocar. O mesmo método também pode ser usado para colocar alcatifa com parte de trás sintética. No entanto, colocar alcatifa com fibra, que necessita de um material impermeável por baixo, requer uma técnica diferente e é um trabalho que deve ser feito por profissionais, se quiser obter os melhores resultados.  

Planear

O pavimento laminado permite que uma grande área seja coberta rapidamente e com o mínimo de costuras, mas, numa divisão com uma forma irregular, este pavimento pode ser um desperdício. Planeie a disposição para que as juntas não atravessem nem vão dar a uma entrada. As costuras colocadas em ângulo recto com a janela são menos visíveis.

Colocação

Desenrole o pavimento na posição correcta, deixando uma margem por cima do rodapé. Para que fique plano, corte um triângulo de material em cada canto e faça um corte em cada esquina. Também precisará de fazer uma série de pequenos cortes para deixar o pavimento plano à volta de forma irregulares, como as ombreiras de portas. Trabalhe à volta da divisão e corte o excesso com um x-acto bem afiado, deixando 50 a 75 mm por cima do rodapé. Comece a colocar o pavimento ao longo de duas paredes direitas adjacentes, trabalhando a partir deste canto à volta da divisão. Use um escopro de desbaste para dobrar o pavimento na junção entre o rodapé e o chão. Depois, segurando firmemente com uma régua de metal, use um x-acto para cortar o pavimento de forma a encaixar no rodapé. Se for necessária uma junta, as extremidades da alcatifa podem ser sobrepostas – a altura ajuda a disfarçar as pequenas irregularidades. Para o vinil, sobreponha as extremidades para acertar o padrão e corte através de ambas as camadas com um x-acto afiado ao longo de uma régua de metal. Fixe ao chão directamente por baixo da junta com fita adesiva de ambos os lados. Depois de o pavimento ter sido cortado para encaixe, puxe as extremidades para trás e fixe fita adesiva dos dois lados ao chão a toda a volta da divisão. Retire o papel de protecção da fita e pressione firmemente as extremidades cortadas do pavimento. A alcatifa colocada em cima de soalho pode ser fixa com agrafos pesados, a 18 mm da extremidade e com 100 mm de intervalo, ou com tachas de 37 mm de 200 em 200 mm. Quando utilizar tachas, corte a alcatifa com uma margem extra, vire as extremidades para baixo e pregue as tachas através das duas camadas. Fixe o pavimento na entrada com uma ripa pregada no centro da soleira.  

Colocação à volta de formatos irregulares

Será útil um instrumento de medição de contornos para marcar os pequenos formatos antes de cortar, mas, para um contorno maior, necessita de um molde. Coloque fita adesiva em folhas de papel grosso ou cartão para colar ao chão e use um pedaço de madeira e um lápis para desenhar o formato no molde, que será ligeiramente maior do que o tamanho necessário. Coloque o molde no pavimento e use novamente o pedaço de madeira como guia para transferir a linha de corte para o pavimento. Corte com um x-acto afiado e faça um corte a direito a partir da extremidade de trás do pavimento para encaixar.

Papel impermeável

Enrole a alcatifa até metade da divisão e comece a colocar o papel impermeável a 50 mm do rodapé. Trabalhe em direcção ao centro da divisão, sobrepondo cada tira em 25 mm e agrafe o papel ao soalho ao longo dos rebordos e à volta das extremidades, use fita adesiva num chão sólido. Assim que completar metade da divisão, desenrole a alcatifa para completar a parte restante.

Sugestões práticas

Desenrole o vinil, para que o padrão se aproxime o mais possível das extremidades, e deixe-o ficar assim na divisão em que vai ser colocado durante 48 horas. Isto torná-lo-á mais flexível e facilitará a colocação. Numa casa de banho, será mais fácil começar ao longo da parede onde está o lavatório ou a sanita. O pó impede a aderência da fita adesiva dos dois lados, por isso não retire o papel de protecção até que o pavimento tenha sido cortado para encaixar. Uma alcatifa deve ser colocada com o rolo a correr para longe da janela para evitar sombras desiguais à luz do dia.  

Placas de vinil e cortiça

E importante conseguir alcançar uma configuração simétrica, para que qualquer padrão fique centrado na divisão e para que haja uma margem de placas à volta das extremidades. O primeiro passo é encontrar o centro da divisão, juntando os pontos médios das paredes opostas com os fios presos ao chão. Trabalhando a partir do centro, coloque uma fila de placas ao longo de ambos os fios até não conseguir colocar mais nenhuma placa inteira. Se as placas da margem têm menos de um quarto da largura de uma placa, ajuste o fio para que fique paralelo à extremidade da parede, movendo-o para mais de metade da largura da placa. Certifique-se de que os fios se cruzam em ângulo recto, depois passe giz nos fios e coloque-os firmemente no chão para deixar uma linha de orientação em cada direcção. Utilizando uma espátula com entalhes para aplicar a cola no solo, coloque a primeira placa rigorosamente no ponto em que os dois fios se cruzam. Para colocar placas de vinil autocolantes, retire simplesmente o papel de protecção antes de as colocar em posição. Trabalhe para fora em ambas as direcções, colocando as placas na sequência demonstrada. Deixe as placas de cortiça bem unidas para evitar que a água se infiltre por entre as juntas e limpe a cola que tenha ficado na superfície da placa. Complete um quarto do pavimento de cada vez, começando pela secção mais afastada da porta. Depois de todas as placas terem sido colocadas, deixe a cola secar antes de colocar as placas das extremidades. Para cortar uma placa de extremidade com o tamanho certo, comece por pôr a placa exactamente em cima da última placa que colou, depois coloque uma nova placa em cima destas para que a extremidade fique unida ao rodapé. Use a extremidade da placa do topo como guia para fazer a linha de corte na placa de baixo. O mesmo método pode ser utilizado para cortar placas para encaixar em cantos e esquinas. Corte placas autocolantes com o tamanho certo antes de retirar o papel de protecção. Junto da porta, proteja as extremidades fixando uma barra adesiva que atravesse o centro da soleira. Se a cortiça não trouxer já um acabamento, é necessário que seja vedada com cera de pavimento ou pelo menos três camadas de verniz de poliuretano.  

Placas de cortiça

Estas podem ser colocadas soltas, mas em áreas movimentadas, como os quartos de crianças, fixe as extremidades à volta das portas e de três em três filas com fita adesiva dos dois lados. As placas são normalmente colocadas num padrão de xadrez, alternando a direcção do pêlo indicada por uma seta na parte de trás.

 Técnicas de corte

Corte as placas de vinil sobre um pedaço de madeira, pressionando firmemente o x-acto através da parte da frente. A cortiça deve ser marcada na face, depois partida ao longo dessa linha. Corte as placas de alcatifa no lado de trás, segurando o x-acto com um ligeiro ângulo em relação ao pêlo para criar uma extremidade direita. Para cortar placas para encaixar à volta de obstáculos, faça primeiro um molde. Para os canos, coloque a placa junto ao cano e depois corte um círculo. Um cano com extremidades afiadas é útil para cortar buracos em placas macias.  

Sub-base

As placas de alcatifa podem ser colocadas directamente por cima dos soalhos, mas as de vinil e de cortiça precisam de um soalho falso de madeira dura. As placas macias para pavimento também podem ser colocadas directamente num pavimento sólido, nivelado, limpo e sem pó, desde que haja uma placa impermeável na parede.

Sugestões práticas

Misture os pacotes de placas de cortiça para que qualquer ligeira diferença de cor seja menos notada. Veja como colocar placas pré-lixadas. A parte de baixo é mais rugosa para fornecer melhor aderência à cola. As tiras estreitas de alcatifa enrolam em vez de ficarem planas, por isso ajuste o formato para evitar ter de cortar placas com menos de 100 mm de largura. Para retirar bolhas de ar, esfregue as placas de vinil num movimento circular com o punho, trabalhando a partir do centro da placa para o exterior.  

 

 




Uma resposta

  1. Marcia Mattos Responder

Deixar Comentário