Como Começar      Casas Seguras      Como Comprar      Dicas de Trabalho      Materiais      Poupança      Reparar Equipamentos

Download 3 Ebooks Grátis

Como funcionam as sanitas – vasos sanitários

Partes constituintes da sanita- vasos sanitários     

Há vários componentes sanitários correlacionados que fazem o vaso funcionar:       

esquema-de-sanita-vaso-sanitarioAtenção: O nível de água em relação à acção do sifão está simplificado nessa animação. Na realidade, o nível de água não permanece constante enquanto ela escorre pelo cano.
Se você tirar a tampa da caixa de descarga que há atrás de alguns modelos de vaso sanitário, verá todas essas partes.    

Os três sistemas principais que trabalham juntos são:
• O sifão do vaso
• O mecanismo de descarga
• O mecanismo de reenchimento      

 Vamos conhecer separadamente cada parte antes de revelar completamente os segredos do vaso sanitário.      

      

    

Mecanismo de reenchimento      

Então o vaso dará descarga desde que joguemos água suficiente para activar o sifão. E a função da caixa de descarga e da válvula de descarga é segurar e descarregar cerca de 7,5 litros (2 galões) de água rapidamente no vaso. Quando a caixa estiver vazia, a válvula de descarga se reposiciona no fundo da caixa de descarga, cobrindo o buraco do dreno para que o tanque possa ser reenchido. É função do mecanismo de reenchimento encher a caixa de descarga para que o processo possa ser reiniciado. Este mecanismo tem uma válvula que acciona e desliga o fluxo de água. A válvula acciona a água quando a bóia cai. A bóia cai quando o nível de água da caixa é reduzido. A válvula de reenchimento envia a água para duas direcções.
Parte da água desce pelo cano de reenchimento e começa a reencher a caixa. O restante passa pelo cano de reenchimento do vaso. Isso faz com que o vaso seja reenchido lentamente. À medida que o nível de água na caixa sobe, a bóia também sobe. Finalmente, a bóia sobe até desligar a válvula. O que aconteceria se a bóia não subisse, ou a válvula estivesse estragada e nunca parasse de fluir água? Teoricamente, a caixa de descarga transbordaria e alagaria o banheiro. Mas o tubo de transbordo existe para evitar que isso aconteça, direccionando a água em excesso para o vaso.      

Mecanismo de descarga      

A função da caixa de descarga é agir como o balde de água descrito na secção anterior. Você tem que colocar água suficiente no vaso, e rapidamente, para activar o sifão. Se você tentasse fazer isso usando um cano normal, a água não chegaria rápido o suficiente e o sifão não funcionaria. Por isso, a caixa de descarga age como depósito. Ela segura vários litros de água, que levam de 30 a 60 segundos para se acumular. Quando você dá a descarga, toda a água da caixa é despejada no vaso em três segundos, o equivalente a jogar um balde de água. Há uma corrente presa à alavanca de descarga. Quando você empurra a alavanca, ela puxa o cabo que está conectado à válvula de descarga. A corrente levanta a válvula de descarga, que flutua acima da sua posição normal, deixando à mostra o orifício de um dreno que tem aproximadamente de 5 a 8 cm de diâmetro. Destapar esse dreno permite que a água entre no vaso rapidamente. Na maioria dos vasos sanitários, a bacia é moldada para que a água entre pela borda (assento), sendo que na maioria deles a água jorra através de orifícios. Grande parte da água escorre para um buraco maior, no fundo do vaso. Este buraco é conhecido como cano do sifão. Ele despeja grande parte da água directamente no sifão. Como toda água da caixa entra no vaso em três segundos, ela acaba activando o efeito sifão, e toda água e os dejectos do vaso são sugados para o cano.      

Sifão do vaso      

Suponha que você tivesse desconectado a caixa de descarga, e só o que sobrou no seu banheiro foi o vaso. Você ainda teria um vaso sanitário. Mesmo não tendo as parte móveis, o vaso resolve os problemas mais importantes. O mecanismo crucial, moldado no vaso, é chamado de sifão do vaso. Primeiro, pegue um copo de água e despeje no vaso. Você vai ver que não acontece quase nada. O que é mais interessante é que você pode colocar 25 copos (6 litros) de água no vaso, um de cada vez, e nada vai acontecer. Ou seja, não importa quantos copos de água você despeje lá dentro, o nível de água no vaso nunca sobe! Você pode ver na figura por que isso acontece. Quando você despeja o copo de água, o nível de água no vaso sobe, mas a água adicional imediatamente escorre pelo sifão e vai para o cano de esgoto. Agora, pegue um balde com água (aproximadamente 7,5 litros) e derrame de uma só vez no vaso. Você vai descobrir que despejar muita água de uma vez vai fazer com que o vaso “descarregue”. Ou seja, quase toda água será sugada do vaso e você vai ouvir o conhecido som de descarga e tudo que estiver no vaso vai descer pelo cano. O que aconteceu foi o seguinte: você colocou no vaso, rapidamente, água suficiente para preencher o sifão. Assim que o sifão preencheu, o resto aconteceu automaticamente. O sifão sugou a água para fora do vaso e para dentro dos canos de esgoto. À medida que o vaso esvaziava, ar entrou no sifão, produzindo aquele som conhecido e parando o processo de “sifonação”.      

 

4 Comentários para “Como funcionam as sanitas – vasos sanitários”

  • Roberto diz:

    Tenho um adaptador que se adapta em todos os tipos de torneiras e descargas de vasos sanitários comuns existentes no planeta, sejam antigas ou novas todas se tornarão automáticas sem uso de energia elétrica e vão economizar até 80 % no consumo da água.
    Contato: Roberto
    Tel: 015-3233-1506

  • Edméa Vido Vido diz:

    bom

  • Edméa Vido Vido diz:

    bom

  • Aloizio diz:

    Meu vaso sanitário não segura aquela agua Marca Celite,

  • Deixe um Comentário:

    Nome (obrigatório):
    Mail (não será publicado) (required):
    Website:
    Comentário (obrigatório):
    XHTML: Usted puede utilizar el siguiente: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Quero fazer uma pesquisa por: