Como treinar cães

Cuidados ao comprar um cão

Ao comprar um cão, procure um criador especializado na raça canina que escolheu, consultando os anúncios das revistas de canicultura ou o Clube Português de Canicultura.
Quando for ver uma ninhada de cães, escolha um animal de aspecto saudável, rechonchudo e vivo, de olhos e pêlo brilhantes, dentes brancos, gengivas firmes e rosadas e hálito fresco. Rejeite um cãozinho apático e de aspecto pouco saudável. Geralmente, o criador aconselha o comprador a ir buscar o cão quando este tiver completado 8 semanas de vida. O comprador recebe o pedigree do cão e outra documentação, que inclui pormenores sobre vacinas ou alimentação.

O estado de saúde

Os sintomas que exigem que o cão seja examinado por um veterinário incluem perda persistente de apetite, olhar mortiço, pelagem baça, apatia, vómitos, diarreia e sede exagerada ou micoses frequentes.

O exercício

Os cães precisam de fazer regularmente exercício — um cão adulto deve poder correr a vontade durante pelo menos uma hora por dia. Os cachorros podem sair durante menos tempo, pois cansam-se depressa e precisam de dormir entre as refeições. Os cães devem fazer exercício antes das refeições, e não depois, quando têm o estômago cheio, pois nessa altura apetece-lhes descansar. Pode ensinar o seu cão durante esses períodos de exercício. Um cachorro vivo e esperto deve aprender a obedecer a todas essas ordens até aos 6 meses.

Cuidados a ter com o pêlo

Um cão normal deve ser escovado uma ou duas vezes por semana, e nessa altura examine-o para verificar se tem feridas ou lesões cutâneas escondidas. Comece a escovar o cachorro com suavidade e falando-lhe para o acalmar para que ele se habitue a essa rotina. Pode também habituá-lo desde pequeno a tomar um banho de vez em quando. Os cães adultos geralmente são bastante limpos, mas de vez em quando pode ser necessário dar-lhes um banho. Em seguida, seque muito bem o pêlo do animal com uma toalha molhada (faça o mesmo se ele tomou banho no mar ou num rio) e mantenha-o num lugar quente até que o pêlo fique completamente seco. O pêlo de algumas raças tem de ser tratado ou aparado por profissionais, como, por exemplo, no caso dos pastores-ingleses e cães-d’água.

A alimentação para cães

O cão adulto deve continuar a ser alimentado como até aí e às mesmas horas. No caso de comprar um cão, o criador irá aconselhá-lo sobre a alimentação a adoptar. Provavelmente, deverá reduzir o número de refeições diárias de quatro para três à medida que o cachorro for crescendo. Quando completa 6 meses, um cão precisa apenas de duas refeições diárias, e no fim do primeiro ano de vida esse número deve ser reduzido para uma única refeição diária, constituída por alimentos para cães adultos.
Nunca dê guloseimas ao cão entre as refeições e mantenha sempre ao alcance do animal uma tigela com água limpa.

Como treinar cães para obedecer às suas ordens

Os cães são capazes de aprender a associar certas ordens, chamamentos ou assobios a determinados actos ou objectos desde que se repitam as mesmas palavras e os mesmos assobios. A repetição e a uniformidade desses sinais acabarão por desencadear uma reacção automática do cão, mesmo quando o animal estiver distraído. O cão aprende depressa se todas as reacções correctas forem recompensadas com elogios.
Inicie ou termine a ordem pronunciando o nome do cão. Quando o animal obedece, diga-lhe «Muito bem!» e faça-lhe uma festa. Mas este elogio tem de ser comedido — os elogios exuberantes podem motivá-lo para a brincadeira. Utilize sempre as mesmas palavras para dar a ordem e de vez em quando recompense o animal com uma guloseima ou um biscoito.

Sessões de treino

Comece com sessões de 10 minutos, que poderão ser prolongadas posteriormente até 20 minutos. De princípio, pode ter de repetir cinco ou seis vezes o mesmo exercício ao longo de vários dias, mas sem exagerar para o cão não se cansar. Use uma coleira de cabedal e uma trela de cerca de 2 m para ensinar o cão a sentar-se, deitar-se ou caminhar a seu lado. Para o ensinar a vir até ao pé de si ou a trazer objectos à mão, precisa de uma trela mais comprida.
Sentar. Ponha o cão à sua esquerda (se você for destro). Segure na trela junto da coleira e obrigue-o a sentar-se, como se mostra na gravura. Elogie-o assim que ele se sentar. Repita o exercício até que o cão se sente automaticamente.




Deixar Comentário