agrafadores

 

Os agrafadores possuem uma grande variedade de utilizações em casa e são particularmente úteis quando se trabalha sozinho. Pode fixar rapidamente materiais leves para os segurar mais tarde com pregos ou parafusos. Além disso, podem ser usados apenas com uma mão, deixando a outra mão livre para esticar e colocar na posição desejada o material a fixar, o que pode frequentemente produzir resultados mais precisos.

 

FIXAR MATERIAIS EM FOLHA E CABOS

Os agrafadores servem para fixar praticamente qualquer folha de material, quer seja a madeira ou seus derivados, como o aglomerado de madeira, o contraplacado ou as tábuas de madeira laminada. Os modelos mais potentes são capazes de fixar em reboco e alvenaria mais macia. Um agrafador é uma ferramenta essencial para trabalhos de estofamento, ideal para instalar madeira dura nos pavimentos e manter a alcatifa segura por baixo, além de fixar o feltro no telhado e azulejos de tecto, podendo até ser usado para prender cabos eléctricos de baixa voltagem como os que são utilizados para as campainhas das portas. Poucos são recomendados para prender cabos que transportam electricidade, mas podem ser adquiridos agrafadores especiais para fios e que disparam agrafos em forma de U para fixar cabos até 6 mm de diâmetro.

 

TIPOS DE AGRAFADORES

Muitos agrafadores são semelhantes aos encontrados em todos os escritórios. As ferramentas eléctricas, quer para trabalhos leves quer para pesados, dão uma grande ajuda. As que funcionam por ar comprimido são geralmente para uma utilização mais pesada e são ideais para trabalhos como fixação de fios, redes e folhas pesadas.
Muitos agrafadores funcionam com agrafos ou com pregos e alguns apenas usam pregos. Estes últimos são capazes de disparar 30 pregos por minuto.
Os agrafadores para as molduras de quadros são ferramentas mais pequenas e específicas, que disparam pontos especiais flexíveis para a moldura para fixar o vidro e a parte de trás da moldura. Alguns têm um controlo de potência ajustável para se adaptar à dureza da madeira, como muitos dos mais dispendiosos agrafadores de utilização generalizada.
Os vidreiros utilizam uma ferramenta de moldura que dispara cavilhas até 19 mm de comprimento para prender o vidro de uma armação de janela. Deixa as cabeças com cerca de 4 mm de fora antes de colocar a massa de vidraceiro. Uma aplicação mais generalizada desta ferramenta são as fixações temporárias em que a cabeça projectada faz com que as cavilhas ou pregos de painéis sejam fáceis de retirar.

 

AGRAFADORES DE UTILIZAÇÃO GENERALIZADA

Um agrafador operado manualmente e para trabalhos pesados funciona ao pressionar o corpo da máquina e comprimir o gatilho. Muitas possuem uma pequena janela que permite verificar o conteúdo. Um agrafador eléctrico para trabalhos mais pesados dispara agrafos simples, pregos ou pinos e aceita larguras de agrafos de 4 a 10 mm e comprimentos até 23 mm. Também aceita pregos ou pinos até 23 mm de comprimento. E ideal para fixar revestimentos macho e fêmea e folhas pesadas como cartões de fibra prensada.
Um agrafador típico com múltiplas funções e com ajustamento electrónico é ideal para o trabalho de estofamento e fixação geral em casa. Esta ferramenta pode efectuar um só disparo, disparos contínuos ou disparo de dois agrafos simultaneamente.
Utilizada da mesma forma do que um martelo, um martelo de agrafos alimenta e dispara os agrafos tão depressa quanto o operador conseguir. Mais adequado
à velocidade do que à precisão, vale a pena tê-lo quando algo necessita de ser preso rapidamente ou se o resultado final não for visualmente importante.

 

SUGESTÕES PRÁTICAS

• Nunca aponte um agrafador eléctrico a ninguém. As novas ferramentas dispõem de dispositivos de segurança para evitar que funcionem quando não estão em contacto com a peça a trabalhar, mas não vale a pena correr riscos, especialmente com uma ferramenta que já seja antiga.
• Compre sempre uma marca de agrafador que utilize um tamanho padrão de prego ou de agrafo, certificando-se de que se encontram disponíveis.