pregos

 

Não existe um prego “normal”.Todos os pregos foram concebidos com um objectivo específico, embora alguns possam ter várias utilizações. Da mesma forma, existem vários tipos de martelos – utilize sempre aquele que for mais correcto para o trabalho que está a fazer. Os martelos com cabo de madeira possuem uma elasticidade natural que os torna mais fáceis de controlar do que os com cabo de aço.

Os pregos de arame podem ser utilizados para tarefas muito simples, como o fabrico de uma caixa, de vedações ou em trabalhos gerais de carpintaria, assim como os pregos de cabeça atarracada e os pregos ovais, quando não há necessidade de uma cabeça plana ou quando é desejável que os pregos fiquem escondidos, como na fixação de tábuas ou no revestimento. Estes pregos de arame podem ser considerados de fixação geral.
Os pregos de arame podem ser colocados abaixo da superfície do trabalho com menor probabilidade de lascar a madeira. Devem ser pregados com a cabeça alinhada com a madeira.
Os pregos-espátula são cortados numa chapa de metal e têm uma secção rectangular afunilada que lhe concede as suas magníficas propriedades de fixação. São muito usados para fixar pavimentos.
Os pregos finos para painéis, como o seu nome sugere, são utilizados para fixar painéis ou revestimentos. São quase sempre pregados sem se verem por baixo da superfície, assim como os pregos de embutir.
Quando é necessário fixar material fino ou frágil, como uma cobertura de feltro ou gesso, são utilizados os pregos com cabeça grande. Chama-se normalmente pregos para gesso, mas também podem ser encontrados com nomes mais específicos. As suas cabeças largas espalham a pressão e evitam que os materiais rasguem ou se desagreguem. São normalmente galvanizados, o que os protege da ferrugem quando utilizados no exterior. Os pregos de zinco são utilizados para o telhado, porque são à prova de ferrugem e fáceis de cortar quando é necessário renovar a ardósia.

 

PREGAR OBLIQUAMENTE

Quando vários pregos estão a ser pregados numa peça de madeira, evite colocá-los a direito; incliná-los ajuda a evitar que se enterrem.

Os pregos colocados de forma oblíqua ou inclinada constituem um método simples e útil de fixar uma junta de topo na extremidade da tábua.

 

SUGESTÃO PRÁTICA
• Faça sempre pequenos furos quando utiliza pregos de zinco ou de cobre, uma vez que eles são demasiado macios para serem colocados em madeiras duras.