O que deve saber sobre os raios antes de escolher um pára-raios

Existem coisas que devemos saber sobre os raios.
Estes manifestam-se durante as tempestades, não apenas qualquer tempestade, uma tempestade com um espectáculo, espectacular, de luzes, trovões e de chuva. Aqui acontece a maior amostra de electricidade e raios (relâmpagos) da natureza.

A eletricidade estática acumula- se sobre as nuvens que se movem pelo céu. A acumulação de cargas de vários milhões de volts não é incomum. Sempre que uma carga se acumula, ela vai procurar neutralizar-se. Isto, porque todos os sistemas tentam chegar ao descanso no estado que exige menor energia. No caso da terra e do ambiente envolvente, do qual o céu faz parte o menor estado de energia elétrica é normalmente encontrado na própria terra. Isto é normalmente chamado de terra. O ar em si é um isolador, isto significa que a corrente não flui prontamente através do ar ‘aberto’ a carga nas nuvens tem que atingir valores elevados para que possa viajar através do ar.

Outro exemplo deste tipo de fenômeno é a faísca que salta de uma vela de ignição do seu carro. Esta eletricidade é visível ao olho nu e pode ser ouvida. Quando isso acontece no céu, é chamado de relâmpagos e trovões e, estes contêm uma grande quantidade de energia. Os relâmpagos, tipicamente, oferecem 100.000.000 volts. Quando um raio bate na terra, é muito assustador.

O ar, como isolador de raios

O ar pertence a uma classe de materiais chamados de isoladores. Todos os materiais pertencem a uma ou outra das seguintes classes:

  • condutores,
  • semicondutores
  • isoladores.

Os condutores permitem que a corrente elétrica flua facilmente. Os semiconductores resistem ao fluxo da corrente eléctrica, a menos que seja adicionada uma substância estranha, chamada de dopante. Os dopantes são geralmente de fósforo ou de boro. Os isoladores resistem, vigorosamente, ao fluxo da corrente elétrica.

A corrente irá fluir através de um isolador, se houver uma diferença suficiente de voltagem em cada extremidade do isolador. Podemos medir o desempenho que um isolador tem em resistir ao fluxo de corrente, a resistência é medida em ohms por unidade de área. Se um isolador tiver uma classificação de 10 ohms por unidade de área e for de 15 unidades de comprimento, a resistência total é de 150 ohms. Visto que o ar é um isolador, para que o raio chegue ao chão, este tem que ter muito poder (por trás dele) para quebrar o isolador e criar um estado intermediário de ar chamado de ‘plasma’. Os raios seguem um caminho que criam continuamente (à sua frente) feito de plasma. Um raio pequeno atinge o solo, e, em seguida, um raio de retorno muito maior flui a partir do solo (ou do objecto de colisão), de volta ao longo do mesmo caminho. Portanto, tudo o que for atingido por um raio é atingido, duas vezes.

Luz, calor, ionização, explosão,

Quando um raio atinge o solo, a energia elétrica pode manifestar-se em uma de quatro formas:

  • luz,
  • calor,
  • ionização
  • explosão.

Existe muita luz e uma parte da potência do raio é dissipada, ou utilizada, na característica de luz, associada ao raio. Quando uma árvore é atingida por um raio, geralmente, pega fogo. Isso é o calor do relâmpago. Um raio é um fenômeno transitório ou ocorrência temporária.

Às vezes, fica um cheiro de ozônio no ar depois de cair um raio. O ozônio é uma forma de oxigênio numa configuração diferente da que estamos acostumados. Tem a fórmula química O3 (isto é; a molécula de ozono é constituída por três átomos de oxigénio), enquanto o ar normal é O2. Quando um raio atinge algo, o poder não é todo absorvido. O resultado é uma explosão.

Todos os materiais têm algum tipo de resistência, quando um raio atinge um objeto, uma enorme quantidade de calor pode ser criado. Sempre que o calor ultrapassar o ponto de fulgor de um material inflamável, este pega fogo e queima.

Se você sentir que vai ser atingido por um raio, deite-se no chão, quanto mais baixo possível. Se você não for o ponto mais alto, será menos provável ser atingido. Deve rolar para o local de abrigo, em vez de correr. Se rolar em algo molhado também vai ajudar a livrar-se da acumulação de carga no seu corpo. Evite segurar-se a algo que seja feito de metal. Se tiver alguma ferramenta na mão, solte-a.




Deixar Comentário