PONTOS DE TAPEÇARIA – Como fazer o contorno

Quase todos nós temos pelo menos um tapete em casa, pelo que trabalhar na produção de artigos de tapeçaria poderá ser um bom negócio.

Nos pontos de tapeçaria, saber como fazer o contorno é muito importante e um dos pontos mais comuns é o de corrente. Apesar de muitos considerarem um ponto complexo de ser feito, vai conferir um trabalho muito original. De facto, o entrelace assemelha-se a uma corrente, garantindo mais segurança para a peça final, ou seja, quer se trate de tapetes ou outras peças, elas serão úteis por muito tempo.

Os tapetes que são feitos desta forma têm a vantagem de serem muito bons para serem utilizados em ambientes húmidos, como a casa-de-banho e a cozinha.

Como fazer

Fazer o contorno implica utilizar um método de movimento contínuo, inserindo a agulha na frente e dobrando-a ligeiramente para trazer a agulha de volta para a frente, no ponto apropriado. Seja novata ou perita, um projeto de tapeçaria ficará com certeza bem melhor se você usar fios e lonas de alta qualidade.

  •  contorno-tapeçariaEnfie a agulha de baixo para cima, onde vai iniciar o bordado, puxe toda a linha e segure-a. Isto serve para dar tensão ao ponto. A linha deverá passar por baixo do seu dedo, fazendo uma curva em frente ao sítio que está a ser bordado, o risco do desenho.
  • Agora, enfie a agulha no mesmo lugar onde saiu a linha, que está segura, e faça a ponta aparecer com a ponta um pouco à frente, seguindo o risco. A distância onde a agulha entrou no tecido e saiu a sua ponta, será a medida, o tamanho do ponto corrente, o mais utilizado dos pontos de tapeçaria para se fazer o contorno. Deverá segurar bem a linha para que não fique frouxa. Puxe a agulha devagar e a linha que fazia uma volta em frente ao risco vai fechar. Mas não aperte muito, pois o elo poderá perder a sua forma.
  • Segure a linha de novo para continuar a tensão do  ponto e enfie a agulha dentro do elo formado, saindo um pouco à frente, tal como no ponto anterior.
  • De seguida, o próximo passo é puxar a linha novamente com cuidado para que a laçada que se criou não ficar demasiado apertada. Repita o passo com a tensão do ponto, em que enfiou a agulha, por forma a que saia um pouco à frente, ou seja, enfiar a agulha dentro do último elo formado e aparecer mais à frente, seguindo sempre o risco e puxando a linha para fazer outro elo da corrente e do contorno.



Deixar Comentário