PONTOS DE TAPEÇARIA – Como fazer ponto haste

A tapeçaria é um tipo de artesanato que está presente em todo o mundo e que vai muito além do sucesso de um mero tapete.

Os pontos mais clássicos também têm permanecido. Uma boa dica para quem pretenda ter e fazer um trabalho de qualidade é conhecer o ponto haste.

Fazer ponto haste não é tão complicado como parece. Comece por pesquisar acerca de que tipo de  peças podem ser feitas com este ponto e pense na possibilidade de as comercializar. O ponto haste é um ponto simples de se fazer, resultando em peças mais charmosas, o que vem permitir ter trabalhos mais delicados e bonitos.

Como fazer

Saber como fazer ponto haste implica também saber o que são os pontos compostos. Ao trabalhar com duas cores, o ponto em perspetiva vai formar um interessante desenho regular. De facto, o ponto haste é usado em ambos os tipos de talagarça, por forma a produzir um atraente efeito de espinha. Apesar deste nome, ele não está relacionado com o ponto de haste que se faz sobre tecido.

  • PontoHasteEm primeiro lugar, deverá fazer filas verticais de pontos oblíquos, sobre dois fios verticais e dois horizontais. Disponha os pontos em forma de V e remate o ponto, acrescentando um pesponto no centro de cada fila dupla. Algo que deverá saber é que o sentido dos pontos deverá ser invertido em cada nova etapa. Acrescente os pespontos com um fio de outra cor. E repita as quatro etapas até que o desenho fique coberto.
  • Este ponto tem por base o ponto atrás e serve também para fazer contornos, principalmente as linhas em curva. Deverá trabalhar da esquerda para a direita. Comece num primeiro ponto e enfie a agulha num segundo ponto escolhido e faça a agulha sair a meia distância entre os dois pontos anteriores. Poderá repetir esta sequência tanto quanto desejar.

O ponto haste é muitas vezes usado para bordar as hastes das flores dos desenhos, mas ainda mais vezes utilizado como ponto de contorno.

  • Começar a fazer o ponto haste em tapeçaria implica passar a agulha, depois de já por cima do tecido, num único movimento, introduzindo-a num segundo ponto e, o comprimento do ponto C deverá ser metade da distância entre os dois primeiros pontos. Qualquer um destes pontos está situado sobre a linha do desenho, bem como a linha deverá encontrar-se sempre abaixo da agulha. Depois, segure a linha para baixo com o polegar e, de novo com um único comprimento, introduza a agulha num quarto ponto e de novo no segundo ponto de inserção da agulha. Alerta para que o terceiro e quarto pontos deverão ter a mesma distância do que os primeiros dois.



Deixar Comentário