Como Fazer uma Sementeira de Flores

Ferramentas indispensáveis para o Jardim: carrinho de mão, enxada, enxadão, pá, ancinho, sacho, colher de muda, plantador, regador ou mangueira ou ainda sistema de irrigação, tesoura de podar, barbante ou arame. Podem ainda ser necessários bomba costal e nível A, este último para delimitação de curvas de nível em áreas com declividade.

Material a utilizar para a sementeira de flores:

Sementes de qualidade

1 Pulverizador  pequeno

Etiquetas de identificação

1 Lápis

1 Régua de madeira ou de plástico

1 Pedaço de TNT de lm2

Um de elástico de roupa

Uma peneira fina

1 Bandeja para mudas de terra.

1 Saco de 5kg de Substrato de nutrientes para mudas

Modo de preparação:

1 – Pulverize água na bandeja para que o substrato não se espalhe.

2 – Coloque o substrato no meio da bandeja e com a ajuda da régua espalhe-o de forma que todos os buraquinhos estejam todos cobertos.
O substrato deve ficar cerca de 0,5cm abaixo do rebordo superior do vaso ou do caixote, para se poder regar quando necessário. Utiliza-se um composto húmido, que se compacta regularmente à medida que se vai enchendo o vaso, mas sem apertar muito. Espalha-se à superfície do composto uma camada de areia fina. 3. Com um lapís faça pequenos buracos de 1/2 cm de profundidade no centro de cada buraquinho.

4. Coloque uma semente em cada cova.

5. Com uma peneira fina cubra as sementes com o próprio substrato.
A espessura desta última camada depende do tipo e do tamanho da semente. Nos casos em que a semente é muito miúda, aconchega-se apenas a semente de encontro à terra. Rega-se com um regador de crivo muito fino e cobre-se com u vidro ou um papel, que não deixam passar a luz e impedem que a superfície da terra seque depressa. 6. Com o pulverizador faça uma rega generosa, sem exagerar.

7.  Depois de a semente germinar retira-se o TNT ou o papel, para que os rebentos possam desenvolver-se e, quando estes já estão suficientemente desenvolvidos para poderem se manuseados sem perigo, são passados para outras caixas onde tenham espaço suficiente para se desenvolverem.

Nota – De uma maneira geral, a temperatura mais favorável à germinação será de 15º C, se bem que para o caso de plantas como a begónia, o cíclame, a gloxínia e a salva, uma temperatura de 18º-21º C, não seja demasiado elevada, desde que se mantenha a atmosfera húmida.

As bandejas de mudas contém muitas células  pelo que não é necessário semear todas com uma só espécie. Pode semear fileiras de células com várias espécies, identificando-as de seguida com uma plaquinha.

Transplante para canteiros de flores

Os canteiros podem ser simplesmente levantados em relação ao nível do solo, em 30 a 40 cm. Os canteiros feitos com elevação do solo possuem drenagem natural, podem ser constantemente revirados, mas em solos arenosos não vão manter sua forma. Os canteiros podem também ser cercados por tijolos ou tabuas ou construídos em alvenaria. Ao construir canteiros é necessário estar atento para assegurar a drenagem deixando passagem para o excesso de água, o que inclui um dreno na parte inferior da parede do canteiro e uma camada de pedras, pequena a médias, recobrindo a totalidade do fundo. Canteiros construídos duram mais tempo.

 

 




Deixar Comentário