Tipos de pavimento

Tipos de pavimento

Há uma grande variedade de pavimentos que pode escolher: pode ser um pavimento de betão ou um soalho de madeira flutuante. O pavimento pode ser dividido em cinco grupos principais:

– alcatifas,

– materiais laminados como o vinil e o linóleo

mosaicos mais macios como o vinil, a cortiça, e a borracha

mosaicos duros como os de cerâmica e cantaria;

pavimentos de madeira.

Os pavimentos são muito importantes pois estes possuem um grande  poder decorativo. Pode escolher entre vários materiais: vinil, cortiça, ladrilhos de cerâmica ou tacos de madeira. Todos devem aplicados sobre uma superfície sólida e estável. Os mais acessíveis em termos de monetários são os pavimentos de madeira e as tábuas de madeira. Este tipo de pavimento quando lixadas e tratadas, podem ser decoradas conforme as cores da divisão.

Colocação de um revestimento prévio

Antes de aplicar é necessário vaporizar o lado de cada tábua com 450ml de água, as tábuas devem estar direitas, costas com costas e separadas por ripas de madeira. Deixe actuar este tratamento durante 48 horas. Comece a aplicação das tábuas, fixando-as com pregos helicoidais de 19 mm.

Algumas exigências básicas

Para decorar uma divisão, o pavimento é onde geralmente se gasta mais dinheiro. Deste modo deve ser aplicado de forma correcta. Qualquer que seja o pavimento todos necessitam de uma base lisa, seca e nivelada para ser aplicado. É necessário primeiro colocar uma base revestimento sobre o chão de madeira se escolher o colocar vinil, tacos de madeira, placas de  cortiça ou pavimentos cerâmicos.

Folhas de cartão prensado de 3mm são ideais para pavimentos leves, no entanto os pavimentos cerâmicos necessitam de uma base mais grossa de contraplacado com uma expessura de 6 a 12 mm. Para casas de banho o mais adequado é o contraplacado marinho pois é mais resistente à humidade. Para aplicar é necessário ter a certeza de que a superfície está em boas condições. Tudo o que estiver saliente deve ser retirado e nivelado para que a aplicação seja um sucesso.

Calcular quantidades

Antes de colocar pavimento novo, tome nota de quaisquer aspectos que possam dificultar a colocação.

Pavimento em pequenas unidades (ladrilhos e painéis)

Calcule a área como no ponto anterior. Se a divisão possui um vão ou recanto como por exemplo uma lareira, meça e calcule a área separadamente e acrescente ao total. Compre a quantidade necessária e ainda uma margem de 10%, para o caso de ter de cortar os ladrilhos ao meio.

Materiais em folha (alcatifa e vinil)

Antes de começar meça o comprimento e a largura da divisão nos seus pontos mais largos. Calcule a área do pavimento, para o ajudar a calcular a quantidade de material que irá ser necessário. Desenhe um esboço da divisão em questão e leve-o à loja para facilitar a quantidade necessária de material e evitar desperdícios.

Pavimento de ripas (ripas de madeira e pavimento laminado)

O pavimento de ripas é vendido em caixas, para calcular as caixas necessárias, calcule a área e divida pela área que é coberta por uma caixa, arredondando para cima se for necessário.

Algumas sugestões práticas:

Corte um pedaço de madeira com o comprimento certo para servir de modelo para espaçar os pregos. Quando a divisão tem um formato irregular, tente ajustar o ponto de inicio para que fique centrado na parte central da divisão.

Materiais folheados

Pavimentos em vinil são os mais fáceis de cortar, colocar e manter limpo, pelo que é bastante utilizado em casas de banho, cozinhas e quartos de crianças. O linóleo é o pavimento mais utilizado e mais tradicional, apesar de ser mais difícil de colocar. No entanto, o linóleo moderno tem uma variedade de padrões e designs, que podem superar o vinil.

Alcatifas

Para aplicar alcatifas há que ter em conta que existem dois tipo de alcatifas: as que tem a parte de baixo em tecido e as que tem a parte de baixo em espuma. A primeira requer ripas especiais com pinças nas extremidades, e que requer que seja um profissional a coloca-las se o objectivo é um trabalho sem imperfeições. A segunda não necessita de uma camada prévia, isto se tiver papel para cobrir os intervalos na madeira por baixo. Existem alcatifas para as diversas divisões da habitação com diferentes características adequadas ao tipo de divisão em questão.

Mosaicos duros

Os mosaicos duros apesar de serem muito duráveis, e fáceis de limpar são muito frios e rangem. Os materiais mais usados para a confecção de mosaicos duros são a cerâmica e cantaria ou a terracota. Os mosaicos de cerâmica são aplicados com cola especial e argamassa. Os mosaicos de cantaria e de terra cota são aplicados com argamassa de cimento. Este tipo de mosaicos deveram ser aplicados em superfícies rijas secas e planas.

Mosaicos macios

Mosaicos macios tem uma serie de vantagens e são ideais para casas de banho, cozinhas, salas de trabalho e quartos. Estes devem ser aplicados numa superfície que esteja completamente seca e plana, no caso de esta superfície ser de betão esta necessitará de um nivelamento, enquanto que os de superfície de madeira necessitaram de cobertura de camadas de cartão de fibra prensadas. Geralmente  todos os pavimentos macios são aplicado da mesma forma, colados directamente no chão com cola adequada para o efeito.

Pavimentos de madeira

Existem diversos tipos de pavimentos de madeira, alguns podem ser colocados em cima do chão já existente, outros poderão ter de ser só pregados ou presos. Alguns destes tipos de pavimento são o chão flutuante, o chão de ripas finas e chão de ripas grossas. Estes para ficarem mais bonitos poderá ser-lhes aplicado uma camada de verniz.




Uma resposta

  1. luis f maia Responder

Deixar Comentário