Menu
kannada-bf-video sunnyleonesexvideo xvideos phimsex セックスビデオ

Como fazer nós para bricolage

  • on 17 de janeiro de 2011
  • Likes!

Os nós são muito úteis quando queremos unir, atar ou segurar alguma coisa com um cordão. Com alguma prática irá conseguir fazer diferentes nós como o nó de escota, o nó de chicote, o nó direito, entre outros, para diferentes ocasiões nas tarefas de bricolage…

Print Friendly, PDF & Email

A melhor forma de aprender a fazer um nó é treinar. Tente arranjar um pedaço de cabo com uma grossura média, pois torna-se mais fácil de se aperceber quantas voltas deu e como voltar ao início. Se tentar aprender com um cabo fino torna-se mais difícil.

Aqui estão sete nós  fáceis de aprender e que lhe podem ser muito úteis no seu dia-a-dia:

Nó corrediço

È o nó mais simples de todos e o mais fácil de aprender. Deve fazer uma alça e passaro chicote através dela. Se antes de passar o chicote pela alça o dobrar, consegue assim um nó corrediço. Geralmente é usado para esticar toldos ou barracas tendo a possibilidade de ser regulado conforme a sua necessidade. O nó corrediço depois de ser usado é muito difícil de desatar.

no-corredico

Volta redonda com cotes

O nó volta redonda é também um nó útil na bricolage. Serve por exemplo para atar  um barco a um ponto fixo. Para fazer este nó deve dar duas voltas com o cabo em redor do poste e acabe com pelo menos dois cotes.

volta-redonda-com-cotes

Nó direito

O nó direito é utilzado para atar dois cabos da mesma grossura. Consiste  basicamente em dar dois nós normais em sentidos opostos. Deve agarrar num chicote em cada mão e passe o da esquerda por cima. Depois por baixo e novamente por cima do da direita. A ponta que estava na direita passou para a esquerda, e vice-versa. Pegue no novo chicote da direita e passe-o também por cima, por baixo e novamente por cima do novo da esquerda. Por fim aperte. Na época antiga o nó direito era conhecido pelos gregos como nó de Hércules. Este nó é muito utilizado por ser fácil de fazer e pela sua simetria. È usado para fechar pacotes, amarrar sapatos, terminar amarras e afins.

no-direito

Nó de oito

Este tipo de nó é feito na ponta do cabo. È  normalmente utilizado para evitar que um cabo que foi enfiado num moitão  tipo roldana não volte a desenfiar-se.  Deve fazer uma alça na ponta, com o chicote passando por baixo do seio. Depois passe o chicote por cima do seio e enfie-o na alça inicial, novamente de baixo para cima. Este nó tem um significado, geralmente é considerado como um símbolo de amor fiel. È mais fácil de desatar o nó  de oito do que um nó simples, evitando estragar a corda.
no-de-oito

Nó de escota

O nó de escota é usado para atar dois cabos de grossuras diferentes. Primeiro deve fazer uma alça na ponta do cabo mais grosso. Depois passe o outro cabo pela alça de baixo para cima, passe por baixo do seio do outro e novamente pela alça de cima para baixo. O nó de escota contém as mesmas voltas do nó lais de guia, só que é feito com duas cordas È também utilizado para unir duas cordas de diâmetros diferentes e içar bandeiras.

no-de-escota

Volta de fiel, ou nó de porco

O nó volta de fiel é normalmente usado para atar um cabo a um ponto fixo. Agarre o cabo, com uma das mãos no chicote e a outra no seio, com pouca distância, e laçe uma alça. Depois agarre com uma das mãos no ponto de cruzamento da alça e com a outra laçe nova alça na mesma direcção, colocando as duas alças sobrepostas. O nó volta de fiel não é totalmente seguro se a tensão for exercida em ângulo oposto ao sentido da amarra. Utiliza-se este tipo de nó atracar barcos em postes no cais e para fixar esticadores de barracas em estacas.

no-de-porco

Print Friendly, PDF & Email
  • Artigo muito útil. Parabéns.

    Josécarlos Loureiro Guerra Peixe 4 de maio de 2013 22:15 Responder
  • Nó de porco ou volta de fiel está errado, estes dois nós são diferentes um do outro, enquanto a volta de fiel , ao terminar a corda entra por baixo da volta cruzada e no meio das voltas dadas no tubo, no nó de porco a segunda volta passa por cima da primeira volta dada no tubo e logo asseguir por baixo da segunda volta dada no tubo,espero que me tenha feito entender.

    carlos 5 de dezembro de 2014 19:27 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *