Como fazer sabonetes de mel

O uso do mel a favor da beleza é antigo. Diz a lenda que a exuberante rainha Cleópatra, do Egito, usava uma mistura de lápis lazuli, malaquita, ocre e mel para pintar as pálpebras. Do Egito e Roma Antiga até aos nossos dias, o mel mantém-se como um ingrediente entre os preferidos da indústria cosmética.

Mel, ai doce Mel

Saboroso, nutritivo e coom propriedades remineralizantes e hidratantes, o mel tem sido usado mais do que como um simples alimento. Mel doce mel!

Sendo constituído por substâncias altamente nutritivas, glicose, sacarose, proteínas, enzimas, vitaminas B, C e sais minerais, todos são componentes que só trazem benefícios onde quer que sejam usados.

Se quiser o mel para melhorar a sua pela, porque não fazer um sabonete líquido à base de mel e amêndoas?

As peles ressacadas são as mais beneficiadas pelo mel, que pode ser combinado com o propólis e também pela cera produzida pelas abelhas.

Como fazer sabonetes de mel

Numa primeira etapa vai precisar 250 gr de base glicerinada transparente, 10ml de essênica de mel e outros tantos de essência de aveia, 15ml de extrato glicólico própolis, de 20ml de lauril líquido, corante azul turquesa e laranja, de uma base para corte, de uma faca sem serra, de uma panela esmaltada, de uma colher de inox ou espátula de silicone, de um doseador de líquidos, de plástico bolha e de varetas.

Numa segunda fase vai necessitar de 1kg de glicerina branca, de 40ml de essência de mel, de 30ml de essência de aveia, de 40ml de extrato glicólico de leite de cabra, 60ml de lauril líquido, de uma forma de madeira retangular e de um saco de plástico transparente.

como fazer sabonetes de mel

Com uma faca de inox sem serra, pique a base glicerinada transparente em cubos e coloque na panela esmaltada e leve ao lume. Quando estiver liquidificado, retire do lume e adicione os materiais indicados para a primeira fase, misturando tudo até que fique bem homogéneo. Numa superfície plana, e com o apoio de varetas por baixo do plástico, delimite a área onde a glicerina vai escorrer. Derrame a mistura sobre o plástico bolha delicadamente.

Com o auxílio da espátula, espalhe para que forme uma camada uniforme e fina, que cubra as bolhas do plástico. Espere que solidifique, mas não totalmente rígida e fria, para que não quebre com facilidade e retire o plástico. Em seguida, enrole formando um favo de mel e apare as pontas com a faca. Forre a forma com o plástico transparente e, de seguida, encaixe o favo de mel dentro da forma e reserve.

Com a faca de inox sem serra, pique a glicerina branca em cubos e coloque na panela esmaltada e leve ao lume. Quando estiver líquida, retire do fogo e adicione os materiais indicados na segunda fase. Misture tudo até ficar homogéneo. Despeje a base glicerinada na forma com o favo de mel dentro.

Depois de esfriar e rígida, desenforme-a e corte em fatias de aproximadamente 2 cm cada, e embale em papel celofane. Tape a panela para não criar nata e espere a glicerina ficar morna.




Uma resposta

  1. paulo Responder

Deixar Comentário