Como impermeabilizar floreiras e canteiros

O jardim por melhor que seja deve ser sempre alvo de uma manutenção cuidada e contínua, para que o mesmo esteja sempre num nível de qualidade cómodo e atractivo às convivências pessoais dos seus intervenientes. Assim sendo, impermeabilizar floreiras e canteiros da sua casa vai ajudar numa melhor manutenção e reparação do seu jardim.

Conforme o tipo de material da qual é feito o canteiro ou floreira, torna-se necessário um pequeno tratamento prévio, ou seja uma impermeabilização da mesma. Pois isto vai assegurar que as plantas ali expostas tenham uma vida útil mais longa, assim como  melhores condições de cultivo.

No caso de floreiras com paredes de alvenaria, existe a necessidade destas paredes serem construídas sobre um pequeno muro de concreto com altura mínima de 15cm monolítica com a laje. Esta medida é essencial para evitar o destacamento da parede e consequente ruptura da manta. A drenagem é feita por tubos de PVC Ø100mm, instalados no meio da vegetação, tantos quantos necessários para a drenagem da zona. Esses tubos deverão ter na sua extremidade superior uma grelha metálica, preferencialmente pintada na cor vermelha de fácil localização no meio à vegetação, para eventuais manutenções.

No fundo do canteiro deve ser deixado uma camada de 10cm de cascalho, brita ou seixo para a drenagem da água. Essa camada deverá estar separada da camada de terra por uma camada de poliéster. O escoamento da água será feito pelo mesmo tubo captador da água da superfície da floreira, através de furos Ø 5/8″.




Deixar Comentário