Cultivo de Plantas – Anador

  • on 11 de junho de 2010

O anador é uma planta medicinal bastante utilizada na América do Sul, devido ás suas propriedades terapêuticas muito interessantes. Saiba como fazer o cultivo de plantas medicinais como o anador…

Cultivo de plantas medicinais – Anador

O Anador é uma planta herbácea de até 60 cm de altura que produz flores brancas ou róseas. Suas folhas e caules contém cumarina, um anticoagulante, e DMT, um alucinógeno. Trata-se de uma planta trepadeira ou rasteira com ramos finos que enraizam facilmente nos nós. Folhas opostas e lanceoladas com pecíolos um pouco ondulados. Flores em panículas e tubulares com 2 lábios pubescentes de cor branca, lilás ou rosa por vezes pontilhada de roxo escuro.  É largamente utilizada como planta medicinal na América do Sul.

Cultivo: É uma Planta de fácil propagação, cresce em clima tropical e subtropical, locais onde pode tornar-se espontanea. As folhas ficam amareladas quando é cultivado em pleno sol e tornar-se verde escuro quando na sombra. Não sobrevive a geadas

Propriedades medicinais: adstringente, analgésica, antibacteriana, antiinflamatória, afrodisíaca, anti-reumática, anti-hemorrágica das vias urinárias, béquica, broncodilatadora, cicatrizante, catamenial, expectorante, febrífuga, peitoral, peitoral, relaxante da musculatura lisa, sedante nervoso, sedativa, tranquilizante.

Modo de usar

As folhas, utilizadas por decocção ou infusão, podem ser empregadas contra dores de estômago, cólicas, febres e vómitos.

Indicações: afecção nervosa, afta, dermatite, catarro brônquial, corte, ferida, fígado, gastralgia, gogo de aves, gota, insônia, vias respiratórias.

Parte utilizada: folhas, ramos.

Contra-indicações/cuidados: alucinógeno em doses elevadas.

 

  • gostaria de saber se methiolate é uma planta ou a composição é planta

    mariza 23 de fevereiro de 2010 16:49 Responder
    • nao metiolati e uma subistamcia de uma olanta xamada annado

      jaciele 25 de agosto de 2011 14:20 Responder
  • Como eu consigo mudas ou sementes de Anador???

    Nocymar Oliveira Silveira 2 de junho de 2010 18:06 Responder
    • anador não tem semente pega por muda vc acha em fazendas ou em locais q tenhão plantas mediçinais

      milena 28 de novembro de 2011 17:48 Responder
  • Eu tenho uma plantação de anador na minha casa, e lendo a matéria, eu descobri que a mesma é alucinógena por conter “DMT”.A minha dúvida é em relação a dosagem,qual a dosagem conveniente para se tomar sem correr o risco de se ter alucinações?

    Gledston Barbosa da Silva 19 de agosto de 2010 23:39 Responder
    • ex se vc tomar uma dose dupla do remédio ou da planta tera alucinaçoes

      milena 28 de novembro de 2011 17:47 Responder
  • Seria otimo, se vc’s ao colocar a planta estudada, colocassem tambem o seu nome cientifico. vlw

    wellington souza 25 de fevereiro de 2011 16:43 Responder
    • poderia por mesmo, to fazendo um trabalho escolar e presiso do nome cientifico da planta
      seria muito bom…

      milena 28 de novembro de 2011 17:50 Responder
  • eu tenho na minha casa e é muito boa só qria mais informações

    milena 28 de novembro de 2011 02:19 Responder
  • O Anador é uma planta herbácea de até 60 cm de altura que produz flores brancas ou róseas. Suas folhas e caules contém cumarina, um anticoagulante, e DMT, um alucinógeno. Trata-se de uma planta trepadeira ou rasteira com ramos finos que enraizam facilmente nos nós. Folhas opostas e lanceoladas com pecíolos um pouco ondulados. Flores em panículas e tubulares com 2 lábios pubescentes de cor branca, lilás ou rosa por vezes pontilhada de roxo escuro. É largamente utilizada como planta medicinal na América do Sul.

    Cultivo: É uma Planta de fácil propagação, cresce em clima tropical e subtropical, locais onde pode tornar-se espontanea. As folhas ficam amareladas quando é cultivada em pleno sol e torna-se verde escuro quando na sombra. Não sobrevive a geadas

    Propriedades medicinais: adstringente, analgésica, antibacteriana, antiinflamatória, afrodisíaca, anti-reumática, anti-hemorrágica das vias urinárias, béquica, broncodilatadora, cicatrizante, catamenial, expectorante, febrífuga, peitoral, relaxante da musculatura lisa, sedante nervoso, sedativa, tranquilizante.

    Modo de usar

    As folhas, utilizadas por decocção ou infusão, podem ser empregadas contra dores de estômago, cólicas, febres e vómitos.

    Indicações: afecção nervosa, afta, dermatite, catarro brônquial, corte, ferida, fígado, gastralgia, gogo de aves, gota, insônia, vias respiratórias.

    Parte utilizada: folhas, ramos.

    Contra-indicações/cuidados: alucinógeno em doses elevadas.

    milena 28 de novembro de 2011 17:54 Responder
  • Olá. Gostaria de saber a respeito da irrigação da planta anador. Devemos regá-la diariamente, ou não?

    Rosane 13 de julho de 2016 03:06 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *