Guia de compras de Natal

Natal, festas familiares intercaladas, festas de confraternização e de final de ano. Está a regressar aquela época do ano de loucura e corrida às lojas. Época em que acabamos por deixar tudo para a véspera e acabámos a fazer más compras por maus preços.

Esta época pode ser bastante complicada para os seus níveis de stress, caso não planeie com detalhe e antecedência, pois poderá esquecer-se de pessoas importantes ou fazer compras de última hora no meio de multidões desesperadas.

Utilizar a internet é uma boa opção pois não terá que se deslocar para comparar preços ou mesmo enfrentar lojas com lotação esgotada, apesar da crise económica. No entanto tenha atenção ao tempo de entrega contando com o atraso natural destas alturas e, claro, com a fiabilidade da loja.

guia compras de natal

Guia de compras de Natal

Mas vamos ver algumas das opções de presentes “típicos”.

Perfumes e produtos de beleza

Oferecer deste género de produtos tem sido uma facilidade em indecisões e prática comum, no entanto muitas vezes é um presente que pode sair um pouco “envenenado” se não se conhecer bem a pessoa devido a serem produtos de uso pessoal, que podem causar reações alérgicas ou serem simplesmente preteridos a produtos que já possuem a confiança do seu amigo.

Chocolates e similares

Normalmente os chocolates são universais nestas épocas e não há quase ninguém que não goste de os receber. Terá apenas que escolher o sabor, o formato, a marca…

Este género de presente é oferecido como “massivo”, aparecendo quando não se sabe exatamente o que oferecer a alguém. É também uma boa solução numa época de contenção económica, como a que vivemos atualmente.

Nestes presentes aconselhamos apenas que tenha atenção com pessoas que sejam próximas de si e suscetíveis, que podem não gostar de se sentirem generalizadas como os amigos comuns ou conhecidos.

Vestuário e acessórios

No caso de oferecer roupa atente sempre na loja que faz a compra, pois a lei obriga apenas à troca de peças com defeitos ou danificada. Certifique-se que é possível a troca de peças que tenham tamanho, modelo ou cor errada pois, mesmo que vá comprar com a certeza do tamanho correto que a pessoa usa, as peças de roupa não têm tamanhos universais verificando-se que marcas ou lojas diferentes têm tamanhos diferentes com a mesma notação. Roupa é sempre um presente bastante útil.

No que a acessórios diz respeito, presentear uma pessoa com este tipo de prenda deve ser feito apenas se conhecer muito bem a pessoa, pois os gostos são muito variados.

Falamos de três tipos diferentes de gratificação que poderá oferecer e são muito generalistas mas, no entanto, optar por uma prenda única oferece sempre uma hipótese de satisfação acima do comum porque a pessoa em causa sentir-se-á especial e, normalmente, dará o devido valor.

Observação: Quando possível, a opção pelo denominado “pequeno comércio” justifica-se plenamente oferecendo assim um pequeno contributo à economia do país.

Lembre-se, acima de tudo, que o Natal não reflete uma simples troca de prendas, mas uma presença com aqueles de quem mais se gosta.




Deixar Comentário