Plantas de jardim-Salva

Nome científico: Salvia officinalis

Características gerais: A salva de jardim è uma planta com folhas cinza-verdes, com uma textura parecida com a lã, com um perfume sem igual durante todo o ano mesmo no verão debaixo de altas temperaturas.

Luz: A salva para se desenvolver necessita de Sol total a sombra parcial.

Floração: A sua floração dá-se no Verão

Tamanho: É uma planta de tamanho médio com 18 a 24 polegadas de altura e largura.

Cor da flor: A sua cor pode variar desde o roxo, rosa ou branco

Rega: Regas controladas pois a Salva não necessita de muita água.

Conselhos de crescimento: Para crescer a salva necessita de alguma distância como por exemplo a 2 pés de distância umas das outras, em solo bem nutrido e regado e leve. Adapta-se a vários tipos de solo com exepção do argiloso.

Conselhos de utilização:

Colhem-se as folhas da salva logo no início da floração da planta, devendo-se fazê-lo nos horários mais frescos do dia. As partes utilizadas são as folhas, flores e sementes.

Para a sua conservação as folhas de salva devem ser secas à sombra em local ventilado, e podem ser guardadas em frascos de vidro bem fechados.

Na categoria de plantas medicinais e plantas de jardim as suas propriedades medicinais são anti-sudorífica, anti-inflamatória, desinfectante, anti-depressiva, adstringente, anti-espasmódico.

A Salva de jardim é indicada para o tratamento de inflamação de garganta, sinusite, tónico e estimulante da digestão, infecções da boca, aftas, tosses, bronquites. Ajuda a fazer a digestão e é anti-séptica, fungicida e ajuda a combater a diarreia.

 O chá é bom para as gengivas inflamadas, além de aliviar diabetes e sintomas de menopausa. Diminui suor excessivo e é restauradora de energia, tendo poder tonificante sobre o fígado.

 




3 Comments

  1. Borba Responder

Deixar Comentário