Como evitar e prevenir Humidade

Como resolver problemas de humidade nas paredes junto aos tectos, junto a janelas e portas, humidade em pavimentos e em caves. Saiba também como resolver problemas de condensação.

Manchas de Humidade nas paredes junto ao tecto

 O aparecimento de manchas de humidade nas paredes junto aos tectos quando caem chuvadas fortes é, normalmente, devido a algerozes ou tubos de queda em mau estado ou entupidos. Solução. As paredes podem ser revestidas interiormente; porém, o simples cobrimento da humidade com uma camada de tinta impermeável pode provocar que aquela suba, vindo a aparecer em divisões superiores.

Actualmente, usa-se dotar a parede com uma nova superfície e aplicar   um   produto   especial   para impermeabilização, que, normalmente, consiste em placas à base de fibra impregnada com betume, as quais servem de base ao reboco. Com tal material é possível reparar convenientemente uma parede em muito mau estado.

Outro processo consiste em forrar a parede com material seco. Fixam-se à parede ripas de madeira preservadas mecanicamente (desidratadas no vácuo e depois impregnadas com o produto) e espaçadas cerca de 45 cm, empregando pregos especiais para alvenaria ou buchas e parafusos.

Sobre estas ripas pregam-se placas de estafe com um dos lados forrado com delgadas folhas de alumínio. Com a face metálica voltada para a parede, fixe as placas às ripas com pregos  galvanizados  ou  cadmiados.

Ainda um outro processo consiste em aplicar sobre a parede húmida um papel especial impermeável. Este processo, porém, pode forçar a humidade a subir.

Humidade em volta de janelas e portas

O aro de uma janela ou de uma porta pode contrair-se e afastar-se da alvenaria, deixando uma fenda em toda a volta.

Solução. Não vale a pena tapar tais fendas com massa de vidraceiro ou com argamassa, visto  ambas  estalarem depois de endurecerem, dando origem a novas fendas. Deve antes utilizar um betume elástico sob a forma de tiras, em bisnagas ou para aplicar com pistolas próprias.

As ranhuras dos parapeitos das janelas devem também ser inspeccionadas. No caso de não haver uma ranhura inferior, poderá pregar uma ripa pintada na parte inferior do parapeito.

Deixe secar completamente as superfícies húmidas à volta de portas ou janelas antes de aplicar o produto especial para as impermeabilizar.

Humidade nos pavimentos

Solução. Se a humidade não for exagerada, pode aplicar duas ou três demãos de um produto impermeabilizador. Um papel forrado com uma folha delgada de alumínio proporciona uma protecção eficaz na maior parte dos casos.

Nunca revista um pavimento húmido com vinilo. Consegue ocultar a humidade, mas irá criar condições ideais para gerar fungos que apodrecerão o soalho. No caso de suspeitar que a água existente no subsolo   exerce   uma   pressão   tal   que obriga a humidade a subir — sobretudo em casas construídas em terrenos baixos —, recorra a um técnico.

Se os pavimentos apresentarem sinais de causa de humidade superficial quando o tempo está frio e seco, é provável que esta seja devida à condensação.

Humidade nas caves

Solução. Deve aplicar produtos especiais nas paredes no caso de a humidade não ser um problema muito grave. Como alternativa, aplique duas ou três demãos de tinta impermeável e depois tinta normal.

Outra solução consiste em fixar às paredes ripas de madeira de 5 cm X x 2,5 cm,  devidamente  preservadas, e sobre elas pregar placas de estafe forradas num dos lados com folha fina de alumínio, utilizando pregos galvanizados ou cadmiados. A face revestida com alumínio deve ficar voltada para a parede.

Um terceiro método consiste em aplicar um reboco impermeável que ofereça uma boa superfície para acabamento. Como garantia adicional, pinte as paredes com tinta antifungos.

Se o pavimento da cave estiver húmido, empregue um produto apropriado para a sua impermeabilização. Aplique o produto nas paredes, à altura de um rodapé, para evitar humidade passe do pavimento para a parede.

Condensação

O problema da condensação agrava-se com a utilização dos sistemas de aquecimento.

Se as portas e as janelas vedarem bem, conservando o calor, o ar húmido não pode sair para o exterior. Este ar – originado pelos banhos, cozinhados ou lavagem de roupa — condensa-se nas superfícies frias que encontra.

Caloríferos a petróleo também produzem grandes quantidades de vapor de água.

Existem três soluções principais para eliminar a condensação:

  1. Extracção. Um bom exaustor de ar instalado na cozinha ou na casa de banho retira grandes massas de ar húmido. Mantenha as portas fechadas, pois é inútil ter um exaustor a trabalhar numa cozinha se o ar húmido se puder espalhar pelas outras divisões.
  2. Isolamento. Quando é possível isolar as superfícies frias, reduz-se consideravelmente a condensação. Monte janelas  duplas, forre as paredes com placas finas de poliestireno expandido ou, em casos extremos, com placas de estafe, de preferência revestidas num dos lados com folha fina de alumínio. A pintura exterior das paredes porosas com um produto à base de silicone impermeável à água melhora bastante o isolamento da superfície interior.
  3. Aquecimento. A elevação da temperatura das paredes e das janelas reduz as possibilidades de condensação.

 Para eliminar a condensação numa parede exterior, pode usar um sistema de aquecimento no interior, junto à base da parede, evitando assim que esta arrefeça.




Sem respostas

Deixar Comentário